Home Festivais 43ª Mostra Internacional de SP: Segredos Oficiais
43ª Mostra Internacional de SP: Segredos Oficiais
CINÉFILOS
29 out 2019 | Por Beatriz Carneiro (beatriz.carneiro2020@gmail.com)

Este filme faz parte da 43ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Para mais resenhas do festival, clique na tag no final do texto.

Segredos Oficiais (Official Secrets, 2019) traz a tona um caso emblemático e de muita coragem que mescla interesses e jogadas aplicadas a geopolítica de potências mundiais. Com direção do vencedor do Oscar Gavin Hood, o filme tem tudo pra ganhar a premiação mais comentada do mundo do cinema e o cineasta sul africano tudo para ser aclamado mais uma vez. A narrativa envolve e provoca a seguinte reflexão: até que ponto países como os Estados Unidos e Grã Bretanha podem ir para conseguirem o que tanto almejam?

Mentiras, fatos forjados, manipulação da opinião pública, poder da informação, preconceito religioso e a deportação de pessoas do Oriente Médio são assuntos de grande relevância abordados pelo longa.  

Jornal Observer [Imagem: Divulgação]

O filme conta a história de uma mulher que trouxe a tona segredos que expõem à tentativa do governo britânico e norte-americano de manipular a votação dos membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas), em 2003,  para atacar o Iraque. Katharine Gun, interpretada por Keira Knightley, é tradutora da agência de comunicação do governo britânico. Com uma bomba em mãos, ela vaza um e-mail confidencial que envolve a espionagem de membros da ONU para forçá-los a declarar guerra “legítima” aos iraquianos.

Katherine Gun em seu trabalho [Imagem: Divulgação]

A partir desse momento as informações vão parar na imprensa, que lida com relutância diante dos fatos envolvendo escolhas que não terão mais volta. A corajosa Katharine começa a sua própria guerra, envolvendo outras pessoas na trama, que podem sofrer retaliação do Estado britânico. A história é de coragem, defesa de ideias e oposição à um governo que decide o que é o que não é de interesse público. Vidas são colocadas em perigo enquanto o poder domina as mentes maquiavélicas dos governantes. 

Katherine Gun e seu marido Yasar Gun (Adam Bakri) [Imagem: Divulgação]

A fotografia acompanhada por recortes que valorizam tanto o cenário como os personagens é seguida por uma trilha sonora com sonoplastia leve, nada com muita música. Tudo isso junto da atuação instigante de Keira Knightley que faz o papel muito bem juntamente com os outros atores.

Segredos Oficiais é, sem sombra de dúvida, um grande filme tanto pela sua produção como pela realidade que retrata, agrandado e instigando o espectador a pensar na história e como ela é tratada. 

Confira o trailer aqui:

Cinéfilos
O Cinéfilos é o núcleo da Jornalismo Júnior voltado à sétima arte. Desde 2008, produzimos críticas, coberturas e reportagens que vão do cinema mainstream ao circuito alternativo.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*