Home Lançamentos 43ª Mostra Internacional de SP: Sem Túmulo
43ª Mostra Internacional de SP: Sem Túmulo
CINÉFILOS
11 out 2019 | Por Mariana Carrara (marianacarrara@usp.br)

Este filme faz parte da 43ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Para mais resenhas do festival, clique na tag no final do texo. 

Sem Túmulo (The Graveless, 2018) acompanha a viagem de quatro irmãos a uma vila no meio do nada com objetivo de cumprir (o que eles acreditam ser) o desejo do falecido pai: ser enterrado lá. O longa iraniano tem a proposta de contar uma história nativa, com personagens nativos, baseados na cultura local. Com um elenco inteiramente iraniano e mostrando o papel da figura paterna na cultura, Sem Túmulo cumpre essa proposta. 

Durante a viagem, as histórias e brigas do passado aparecem. O filme mostra como os acontecimentos da infância deles impactam a vida adulta. O drama está presente nas relações familiares, na perda do pai e no calor. A jornada e o calor se juntam como elemento para tornar a experiência insuportável para a família.

Há dois dias da morte e tendo viajado o dia inteiro no sol, o corpo começa a apodrecer e feder. Isso é representado não só por elementos audiovisuais como moscas e o ambiente, mas também pela atuação do elenco. O cheiro incomoda quem vai no carro com o falecido. Caras de nojo, vômito e a aparência do corpo morto colaboram para a construção dessa podridão.

Uma das cenas em que a podridão do corpo do falecido é evidenciada [Imagem: Reprodução]

A verossimilhança aparece na representação da secura do Irã e da realidade local. Os sons da estrada, da noite, de animais e as músicas colaboram para tal. A  luz e a edição também foram elementos utilizados para configurar cada momento do dia e fazer o espectador perceber o tempo passando, o entardecer, a madrugada, etc. 

Momentos sem diálogo são mais presentes do que os com. Cenas dentro do carro ou nas paradas da viagem constituem a maioria do filme. A história é contada muito pela ambientalização. Por conta disso, a monotonia acaba tomando conta. 

É interessante o fato do filme destoar da regra de que filmes do Oriente Médio devem tratar principalmente questões sociopolíticas. Sem Túmulo aborda muito mais questões interiores e dramas que a sociopolítica do Irã, e por isso é original. Confira o trailer:

Cinéfilos
O Cinéfilos é o núcleo da Jornalismo Júnior voltado à sétima arte. Desde 2008, produzimos críticas, coberturas e reportagens que vão do cinema mainstream ao circuito alternativo.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*