Home Lançamentos A Ovelha de Massinha Vai Para as Telonas
A Ovelha de Massinha Vai Para as Telonas
CINÉFILOS
03 set 2015 | Por Jornalismo Júnior

por Marcos Hermanson Pomar

Shaun: O Carneiro é mais uma criação de Nick Park, o mesmo de A Fuga das Galinhas e Wallace e Gromit. Baseado na série de televisão homônima e dirigido por Mark Burton e Richard Starzak, o filme foi premiado como melhor longa-metragem do Anima Mundi 2015.

shaun1

Shaun e seus companheiros, entre eles o cão Bitzer e o fazendeiro

A animação conta a história do carneiro Shaun e de seu rebanho, que um dia decidem passear fora do celeiro. O enredo se desenvolve a partir daí, e por uma série de eventos inoportunos eles tem de partir para a cidade em busca de seu dono. Como não poderia deixar de ser, a metrópole vira terreno fértil para as situações mais estapafúrdias.

shaun2

Nick Park

A história se encaixa bem e consegue se manter interessante durante todo o filme. Os personagens, principalmente as ovelhinhas e o cão Bitzer, também são bem cativantes e se comunicam através de grunhidos e outros sons animalescos, o que torna a dinâmica entre eles um show à parte. Ainda assim, estamos falando aqui de um filme feito para crianças, o que implica em um enredo (pasmem!) para crianças. Sendo assim talvez não devamos esperar dele grandes reflexões ou novos paradigmas, só o bom e velho humor inocente à la Sessão da Tarde, o que (convenhamos) não deixa de ser uma qualidade.

Desde o princípio o filme impressiona pela qualidade visual. Os modelos, que são de plasticina (uma espécie de massinha especial), são extremamente bem feitos e toda a movimentação é construída através do stop-motion.

Os cenários são criativos e pra lá de bonitos, de modo tal que é possível se questionar se o diretor não resolveu trapacear e filmar o nosso mundo em grande escala mesmo. E, apesar da ausência de falas durante todo o filme, a sonografia também não decepciona em momento algum.

shaun3

Os carneirinhos tentam passar despercebidos na cidade

Shaun: O Carneiro é daqueles filmes infantis capazes de fazer rir até o mais ranheta dos espectadores. É claro que o enredo não é primoroso, mas cumpre bem o seu papel e não deixa nunca de tocar o barco. Muito divertido por seu humor inocente e personagens bem construídos, mas também excelente no quesito técnico, este é o tipo de filme que você assiste com a família no sofá da sala, não presta muita atenção, mas que seu priminho adora.

A produção estreia dia 3 de setembro no Brasil, confira aqui o trailer:

Cinéfilos
O Cinéfilos é o núcleo da Jornalismo Júnior voltado à sétima arte. Desde 2008, produzimos críticas, coberturas e reportagens que vão do cinema mainstream ao circuito alternativo.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*