Home Lançamentos As Tartarugas Ninja: Fora das Sombras – o segundo filme é sempre melhor
As Tartarugas Ninja: Fora das Sombras – o segundo filme é sempre melhor
CINÉFILOS
13 jun 2016 | Por Jornalismo Júnior

 por Mel Pinheiro
mel.pinheiro.silva@gmail.com

Michelangelo, Donatello, Leonardo e Raphael: os quatro adolescentes tartarugas mutantes e ninjas, que foram treinados pelo rato Mestre Splinter nas artes marciais, fazem parte da cultura pop e do imaginário popular. As Tartarugas Ninja surgiram nos quadrinhos em 1984 e logo ganharam popularidade com séries de desenhos animados, videogames e filmes, fazendo parte da infância de uma geração. Juntamente com uma série animada de sucesso, a Nickelodeon produziu uma nova franquia das tartarugas no cinema nos anos 2010. Lançado no próximo dia 16 de junho, o segundo longa As Tartarugas Ninja: Fora das Sombras (Teenage Mutant Ninja Turtles: Out of Shadows, 2016) que promete ganhar o coração das crianças de hoje e adultos que cresceram com os quatro irmãos de mesmo nome dos pintores da Renascença.

astartarugasninjas1

Da esquerda para a direita, Donatello, Michelangelo, Leonardo e Raphael. Foto: Reprodução

O filme começa depois de pouco tempo do final de As Tartarugas Ninja (Teenage Mutant Ninja Turtles, 2014). O vilão Destruidor foi preso graças aos quatro heróis, mas para manter seu segredo e continuar protegendo a cidade através das sombras dos esgotos, quem levou todo o crédito foi o cinegrafista Vern Fenwick (Will Arnett), que se tornou uma celebridade com o apelido de Falcão. Com a ajuda de April (Megan Fox), as Tartarugas descobrem o plano do Clã do Pé para tirar o Destruidor da cadeia, que conta com a ajuda do cientista Baxter Stockman (Tyler Perry).

Para os fãs mais assíduos do universo das Tartarugas Ninja, o longa é um prato cheio de referências e personagens. Como aliado, surge Casey Jones (Stephen Amell, da série Arrow), que em algumas mídias atua como um vigilante e entregador de pizzas, mas aqui é um policial que sonha em se tornar detetive. Alguns vilões clássicos da franquia também aparecem, como Krang e a dupla de capangas atrapalhados Beebop (Gary Anthony Williams) e Rocksteady (o astro da WWE Stephen “Sheamus” Farrelly), que ganharam o mesmo visual oitentista da série de desenhos animados produzido de 1987 a 1996.

tartarugas-ninja-2

Um ponto muito criticado no seu antecessor foi corrigido nessa produção: a personagem April O’Neil deixa o posto de protagonista para se tornar a coadjuvante e aliada no segundo filme. Dessa forma, os quatro irmãos tem maior destaque, focando em seus dilemas: o desafio de se manter unidos em meio ao desejo de sair das sombras e serem reconhecidos pelos seus atos heroicos. A dificuldade em se aceitar quando todos os olham como aberrações e o poder da amizade são os temas principais do longa, por trás de ótimas sequências de ação e piadas de referência à cultura pop.

Em um ano em que os blockbusters estão focados em grandes duelos e abordagens mais sérias, As Tartarugas Ninja: Fora das Sombras se une a Deadpool (Deadpool, 2016) como alívio cômico da temporada, mostrando o valor do trabalho em equipe e sendo uma pedida deliciosa como uma pizza de 99 queijos. Cowabunga!

Confira o trailer!

Cinéfilos
O Cinéfilos é o núcleo da Jornalismo Júnior voltado à sétima arte. Desde 2008, produzimos críticas, coberturas e reportagens que vão do cinema mainstream ao circuito alternativo.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*