Home Mundo Geek BlackBerry e IME Jr. anunciam parceria para criação de tech center em São Paulo
BlackBerry e IME Jr. anunciam parceria para criação de tech center em São Paulo
Mundo Geek
28 jul 2013 | Por Jornalismo Júnior

A companhia canadense de telecomunicação BlackBerry anunciou em sua sede paulistana a criação de um tech center, no próprio local, em parceria com a empresa júnior do Instituto de Matemática e Estatística (IME) da USP.

O tech center em questão é o terceiro a ser instalado no Brasil, após o de Maceió (em parceria com a Universidade Federal de Alagoas, UFAL) e o de Recife (com a Universidade Federal de Pernambuco, UFPE). A BlackBerry ainda instalará mais dois centros, um no Rio de Janeiro, com a PUC-Rio, e outro em Belo Horizonte, em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O objetivo destes centros é selecionar dez alunos bolsistas das universidades em questão e introduzí-los em um processo de conhecimento, aprimoração e desenvolvimento de suporte técnico e criação de aplicativos para o sistema operacional BlackBerry 10, lançado em janeiro.

Para Adriano Lino, diretor de relações públicas da BlackBerry no Brasil, a parceria da empresa com universidades é uma “via de mão dupla” com ampla e aberta troca de conhecimentos entre a corporativa e os estudantes. Já Demian Borba ressaltou a importância de haver liberdade para os alunos inovarem, além de ser fundamental “achar o professor certo que inspire os estudantes”. Flávio Silva, do IME, será o professor em questão e coordenará o projeto. O professor Flávio também esteve presente e falou detalhadamente sobre a importância da união a nível nacional, enquanto parte de um “bolsão” de inovação tecnológica e criativa a partir de parcerias entre grandes corporativas, universidades e indústria, promovendo benefícios que à longo prazo se estendam à vida cotidiana, como “carros e cidades inteligentes”.

Os tech centers já instalados no Brasil apresentaram resultados animadores em pouco tempo, como apontou Alec Saunders. No de Maceió foram desenvolvidos mais de 20 aplicativos para BB10 em cinco meses, ao passo que em Recife foram criados mais de 10 apps em apenas três meses. Para a “filial” paulistana, as expectativas são ainda maiores e não se limitam aos escritórios. Embora instalado na sede da BlackBerry, o tech center deve levar também eventos abertos ao público à Universidade de São Paulo. Em relação à seleção, os bolsistas escolhidos não devem necessariamente ser do IME, mas estudar assuntos relacionados à inovação que a empresa deseja emplacar, como Administração e Design. Aqueles que integrarem o grupo, além da oportunidade de desenvolver projetos para uma das mais importantes empresas de telecomunicação do mundo, receberão uma ajuda de custo.

Durante sua fala, o embaixador canadense dirigiu-se aos membros do IME Jr. presentes no evento e afirmou que “[eles] são parte de algo maior do que imaginam” e que “estão conectando o mundo”. Embora o projeto seja promissor não só para a BlackBerry ou para a USP, mas para toda a indústria científica e criativa brasileira, o professor Flávio é conciso ao afirmar que “é preciso dar os passos com sobriedade”.

Sala 33
O Sala33 é o site de cultura da Jornalismo Júnior, que trata de diversos aspectos da percepção cultural e engloba música, séries, arte, mídia e tecnologia. Incentivamos abordagens plurais e diferentes maneiras de sentir e compartilhar cultura.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*