Home Lançamentos Coração de Leão: equilíbrio certeiro
Coração de Leão: equilíbrio certeiro
CINÉFILOS
19 jun 2014 | Por Jornalismo Júnior

por Ana Luísa Fernandes
ana08m@gmail.com

Coração de Leão – O amor não tem tamanho (Corazón de León, 2013) é um filme argentino que conta uma história que poderia ser uma comédia romântica clichê: Ivana (Julieta Diaz) é uma advogada atraente na faixa dos 30 anos que se divorciou mas ainda tem problemas com o ex-marido. Certo dia ela marca um encontro com um homem misterioso e sedutor que ela conheceu por telefone. Ele é gentil, engraçado, com espírito aventureiro e tem um bom emprego. Mas um empecilho surge para a felicidade completa dos dois.

http://2.bp.blogspot.com/-SCfIqiMptbA/Uh4lHPaAXFI/AAAAAAAAAQc/FSqA63WT1H8/s1600/corazon-de-leon-3.jpg

No caso de Coração de Leão, o homem misterioso é o arquiteto León Godoy (Guillermo Francella). E o empecilho é o fato de León ter apenas 1,36 m de altura. Apesar do susto inicial, Ivana decide continuar a se encontrar com o arquiteto, e assim acaba se apaixonando. Os maiores problemas vêm do preconceito que Ivana sofre por parte da família, do ex-marido, dos amigos e até de si mesma. Sua mãe se encanta com o “anão”, mas quando descobre que ele é o namorado da filha se assusta e a repreende. Ivana se vê em meio a um dilema moral: ela gosta dele mas não acha ser capaz de suportar viver com um homem de 1,36m.

corazon

O diferencial do filme se encontra justamente na sensibilidade em que a questão da altura de León é abordada: ele tenta de todas as maneiras possíveis provar para Ivana que seu tamanho é apenas um detalhe, mas mesmo assim é possível notar que ele mesmo se incomoda com sua situação.

As cenas cômicas do filme ficam por conta de Corina (JorgelinaAruzzi), amiga e secretária de Ivana. Ela é uma mulher que possui alguns problemas de temperamento, o que resulta em boas risadas mas também em boas reflexões, como por exemplo o fato de ela jogar na cara de Ivana o fato de ela ser uma hipócrita.

O filme chega a lembrar O Amor é Cego (Shallow Hal, 2001), comédia romântica norte-americana com uma temática parecida: o amor que tem que superar os preconceitos físicos que a sociedade de modo geral impõe. Apesar disso, Coração de Leão mistura melhor o drama e a comédia, o que resulta em uma produção mais delicada.

http://1.bp.blogspot.com/-lzxG5nBndeU/Uh4kL-HORHI/AAAAAAAAAQE/j_33uNjD6Zk/s1600/corazon-de-leon-2-locoxelcine.jpg

A narrativa básica não impede que Coração de Leão seja um bom filme, equilibrado e com boas atuações. É ao mesmo tempo dramático e cômico, o que atrai pessoas de variados gostos e idades.

Cinéfilos
O Cinéfilos é o núcleo da Jornalismo Júnior voltado à sétima arte. Desde 2008, produzimos críticas, coberturas e reportagens que vão do cinema mainstream ao circuito alternativo.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*