Home Lançamentos De Pernas pro Ar 3 vai além de uma boa comédia nacional
De Pernas pro Ar 3 vai além de uma boa comédia nacional
CINÉFILOS
11 abr 2019 | Por Cinéfilos

Por Marcelo Canquerino e Thaislane Xavier
marcelocanquerino@usp.br
thaislanexavier@usp.br

 

Uma das franquias de comédia brasileira mais amadas do cinema retorna às telonas em grande estilo. As aventuras de Alice Segretto (Ingrid Guimarães) estão ainda mais malucas em De Pernas pro Ar 3 (2019). Com o grande sucesso da Sex Delícia, que se tornou uma multinacional, a empresária decide abandonar o trabalho para cuidar da família deixando sua mãe, Marion (Denise Weinberg), na presidência da empresa. Tudo muda quando uma jovem empreendedora começa a ganhar os holofotes da indústria do prazer.

A franquia De Pernas Pro Ar mostra no mais novo filme que amadureceu. Apesar de uma abordagem diferente daquela usada nos dois primeiros longas, o terceiro vem sem perder a graça e a coesão com seus antecessores. O sexo não é tratado de uma forma clichê e continua arrancando risadas dos telespectadores.

A passagem de tempo também é um aspecto a ser notado. A evolução da tecnologia é nítida. No primeiro filme os produtos mais procurados eram os vibradores. Agora, a sensação no mundo dos sex shops são óculos de realidade virtual.

Uma das cenas mais divertidas envolve o uso do óculos virtual e a aparição de Cauã Reymond [Imagem: Reprodução]

Os dilemas pessoais e toda a evolução de Alice são bem desenvolvidos ao longo da história. Parece que os assuntos se esgotaram, mas aqui fica claro que não. Ela  mostra que, mesmo sendo presidente de uma marca que incentiva o empoderamento feminino, ela ainda possui muito a aprender com as novas gerações. A mulher se acha superior a sua mais nova concorrente, Leona, interpretada por Samya Pascotto, e inicia uma rivalidade infantil contra a menina.

Esse contraponto entre o velho e o novo, no entanto, se torna o ponto central do filme e o amadurecimento de Alice depende muito da forma com a qual ela passa a lidar com a nova geração. Leona e Paulinho (Eduardo Melo), filho da veterana, iniciam um relacionamento amoroso que é a versão mais nova da de Alice com João (Bruno Garcia) e o ciúmes da mãe só cresce, deixando de estar apenas no campo profissional. Inclusive, uma das cenas mais marcantes acontece quando os dois casais estão discutindo e as conversas começam a se intercalar e se fundir. Paulinho percebe que sua nova namorada é exatamente como sua mãe, enxergando grande problema. Já João expõe seu lado para Alice: sua carreira e sua vida é sempre menos importante que a da esposa. 

A relação de Alice com o filho passa por problemas após a chegada de Leona [Imagem: Globo Filmes]

De Pernas Pro Ar 3 traz temas como empoderamento, rivalidade feminina e sororidade. O crescimento de Alice em relação a esses temas é lindo e faz o espectador refletir sobre questões tão importantes na nossa sociedade. O que fica é que não há tempo para parar de aprender e se tornar uma pessoa melhor.

Em contrapartida, durante um jantar em que vai para acompanhar o marido a personagem de Ingrid sofre assédio do anfitrião. Com toda a pegada feminista que o filme trouxe até o momento se esperava que algo seria feito, mas o que acontece passa longe disso. João chega no momento em que a cena chegava ao ponto mais absurdo, no entanto, ele não nota o que estava acontecendo e o longa segue sem qualquer outra menção sobre isso. O assédio só acaba quando o marido está presente e a falta de um aprofundamento no tema lembra aquela velha história: uma mulher só é respeitada quando um homem está do lado.

A história também faz um bom aprofundamento acerca da maternidade. Com o crescimento da caçula de Alice, Clarinha (Duda Batista), a grande empresária da Sexy Delícia sente a necessidade de largar o emprego para passar mais tempo junto da família e, principalmente, da garota. Após tentar ser mais presente na vida de Clarinha, ela presencia a hostilidade das outras mães da escola que sempre a julgaram por trabalhar com produtos eróticos. Isso, em momento algum, faz com que Alice sinta vergonha do que faz, muito pelo contrário. No final das contas fica claro que é possível sim ser uma mulher ser bem sucedida  e, ao mesmo tempo, ter uma família.

De Pernas pro Ar 3 mescla boa comédia com discussão de  assuntos relevantes para os dias de hoje, sem perder a essência dos personagens. O longa estreia no dia 11 de abril. Confira o trailer:

Cinéfilos
O Cinéfilos é o núcleo da Jornalismo Júnior voltado à sétima arte. Desde 2008, produzimos críticas, coberturas e reportagens que vão do cinema mainstream ao circuito alternativo.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*