Home Controle Remoto Estreia na MTV – série A Menina sem Qualidades
Estreia na MTV – série A Menina sem Qualidades
Controle Remoto
29 maio 2013 | Por Jornalismo Júnior

“Desde que Ada, aos 12 anos, havia sido tomada pela ideia de que a busca de sentido nada mais era do que um produto residual da capacidade de pensar do ser humano, ela passara a ser tida como altamente dotada e difícil de ser educada”.

São essas algumas das características que definem a personalidade da protagonista do romance “A Menina sem Qualidades” da autora alemã Juli Zeh que foi adaptado para a realidade brasileira e estreia como série de TV esta semana, na MTV.

Capa do romance da autora alemã Juli Zeh. Divulgação

Capa do romance da autora alemã Juli Zeh. Editora Record. Reprodução

Na versão nacional, Ada transformou-se em Ana e a cidade (e ex-capital da Alemanha Ocidental) de Bonn foi substituída por São Paulo. Inteligente, questionadora, subversiva e também solitária, a menina de 16 anos vive as mais diversas experiências de autodescoberta relacionadas ao sexo, à homossexualidademasturbação e drogas.

Orfã de pai, filha de uma mãe jovem, ligada a um padrasto que acaba de sair de casa e marcada pela lembrança de sua ex-namorada, a garota encontra refúgio mergulhada em sua banheira, devorando livros na espera da passagem do tempo.

“Ler não era para ela nem trabalho, nem hobby, não dava conta de nenhum interesse especial.  Ler era uma condição na qual o tempo passava.” Divulgação

“Ler não era para ela nem trabalho, nem hobby, não dava conta de nenhum interesse especial. Ler era uma condição na qual o tempo passava”. Divulgação

Mas sua vida se modifica quando, após ser expulsa de um colégio, ela ingressa em uma instituição de ensino elitizada, onde se depara com  Alex, um jovem instigante de 18 anos. Representantes da geração pós-niilista, eles professam sua crença no nada e unem-se em um jogo de poder e sedução que tem como alvo o professor Tristán, um ex-militante de esquerda argentino. A partir daí a história ganha contornos surpreendentes que impactam profundamente a perspectiva de vida e  os valores de cada um dos envolvidos.

“Ela havia lhe contado que, para se masturbar, não inseria objetos dentro de si mesma, mas apenas um indicador, ou se esfregava no canto da cama.” Divulgação.

“Ela havia lhe contado que, para se masturbar, não inseria objetos dentro de si mesma, mas apenas um indicador, ou se esfregava no canto da cama”. Divulgação

Segundo Felipe Hirsch, dramaturgo e diretor da série trata-se de uma história envolvente e que retrata, de um modo universal, a juventude contemporânea. A seleção de elenco contou com 9 mil candidatos que se inscreveram em um período de uma semana. Nos papeis principais, a atriz Bianca Comparato foi selecionada para encarnar Ana, já Alex é representado pelo ator Rodrigo Pandolfo e Tristán pelo argentino Javier Drolas.

A trilha sonora, escolhida a dedo pelo diretor, conta com nomes variados, como as bandas LSD Soundsystem, Jesus and Mary Chain, Mission of Burna, Pavement e a cantora Judee Siil. Além disso, a produção também conta com a participação da banda brasileira Vivendo do Ócio.

Zico Góes, diretor de programação da MTV, conta que a exibição dos 12 episódios acontecerá ao londo de apenas um mês. “Atualmente, a audiência encontra-se muito errática, por isso, decidimos por um jeito diferente de entregar a programação, um modo mais intenso, de forma que seja impossível escapar da história. Estamos soltando a bomba de uma vez.”

Tanto Zico como Hirsch concordam que a televisão brasileira deve investir mais na criação de séries inovadoras que rompam, ou pelo menos minimizem, a soberania das produções americanas.

“Ada considerava tanto o ódio imenso como o amor grandioso como um sinal e burrice.” Divulgação

“Ada considerava tanto o ódio imenso quanto o amor grandioso como um sinal de burrice”. Divulgação

“A Menina Sem Qualidades” está no ar desde o dia 27 de maio e será exibida de segunda a quinta ás 24h. Haverá ainda reprises e a série estará também disponível no site da emissora.

por Yasmin Riveli
yasminriveli@gmail.com

Sala 33
O Sala33 é o site de cultura da Jornalismo Júnior, que trata de diversos aspectos da percepção cultural e engloba música, séries, arte, mídia e tecnologia. Incentivamos abordagens plurais e diferentes maneiras de sentir e compartilhar cultura.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*