Home Cidadania Sport Club FC Santa Claus: o clube de futebol do Papai Noel
FC Santa Claus: o clube de futebol do Papai Noel
ARQUIBANCADA
24 dez 2020 | Por Pedro Guilherme Costa (pedro.massa@usp.br)

Quando o Papai Noel entra em campo 

Com as longas noites de trabalho exaustivo monitorando a maior produção de brinquedos já vista, às vezes o bom velhinho precisa descansar. E além do mais, já faz tempo que a Mamãe Noel pede para que ele use o tempo livre para praticar alguma atividade física. Afinal de contas, as diabetes já devem estar explodindo com tantas bengalas doces e biscoitos de gergelim. Mas ao olhar da sua janela para o Polo Norte, ele se desanima. Tentou natação, mas teve que ser resgatado pelas renas. Essas, inclusive, que não gostaram nem um pouco da ideia do hipismo. Até que um dia, ainda na depressão pelo sedentarismo, ele lê um pedido curioso em uma carta: uma bola de futebol.

É claro que os elfos já sabiam do que se tratava, até tinham feito um campinho. Mas como em toda repartição, eles não queriam convidar o chefe. Então, após espiar discretamente a partida, ele decidiu que essa era uma atividade na qual valia a pena cavar as espessas camadas de neve do Polo Norte para participar. 

Okay, não foi muito bem assim que o time de futebol do Papai Noel surgiu, mas como uma reportagem de Natal, deve haver um conto natalino. A verdade é que em uma das regiões mais frias do mundo, a Lapônia, situada na Finlândia, realmente existe um clube abençoado pelo próprio distribuidor de presentes mais famoso do mundo. O FC Santa Claus, fazendo referência ao nome em inglês do bom velhinho, é um time atuante na quinta divisão do país e que é conhecido por quase todos os finlandeses e por vários entusiastas do futebol pelo mundo. 

Aproveitando o clima dos pinheirinhos de alegria, filmes natalinos e rabanada, este ano você vai poder contar algo que seu tio do pavê não sabe. O Arquibancada te convida a conhecer esta história, cheia de solidariedade e até mesmo um milagre de natal, já que o próprio time respondeu a cartinha digital que foi mandada. E o presente que foi pedido é justamente esta matéria.

 

A história do clube, entre passes e símbolos natalinos

O icônico logotipo é um traço histórico do clube [Imagem: Instagram do FC Santa Claus/@fcsantaclausofficial]

Não foi por meio da pequena fábula acima que o time passou a existir, por mais que a ideia de um Papai Noel tentando fugir das diabetes parece bem real. Como o representante do time, Ralf Wunderlich, expõe, o clube de futebol pertence à pequena cidade de Rovaniemi. Por mais que a casa do Papai Noel oficial da Finlândia seja em Korvatunturi, em outra região, ficava muito ao norte e era difícil chegar em meio ao deserto gelado. 

Então, ele decidiu instalar seu escritório pessoal em Rovaniemi, cidade que apresenta um transporte regular para o turismo e é mais acessível. Há indícios de que o local também possui um céu mais limpo para levantar voo com renas, mas a produção não conseguiu confirmar esta informação. E “quando o Papai Noel abriu seu escritório na cidade, ele queria oferecer atividades para seus muitos Ajudantes, para que pudessem ficar em forma e saudáveis.” Afinal, o tópico da boa forma fazia sentido mesmo. Assim, nas palavras do FC Santa Claus, ele fundou seu próprio clube de futebol. 

O time, que chegou pela chaminé em 1993, foi formado a partir da fusão de dois times finlandeses da época. Desde sua fundação, possui as cores vermelho e branco no uniforme oficial, a mesma paleta presente na representação mais comum do Papai Noel. O próprio velhinho estampa o logotipo do time escrevendo com uma pena, como lembra o próprio clube. Eles comentam que uma página de futebol do Instagram, essa que ficará certamente sem presente esse ano, citou o logotipo como um dos mais feios de todo o futebol.  

A equipe também possui uma valorização muito forte do espírito natalino, que vale até um tópico à parte. Com visitas do próprio Papai Noel, que às vezes até bate uma bola com seus ajudantes futebolísticos, o clube foi ganhando cada vez mais destaque no cenário finlandês de futebol e atraindo fãs do país. Esses que abraçam de paixão os valores do time, e mesmo passando por temporadas ruins, continuam a alegrar com positividade o cenário frio da Finlândia.

 

A rotina dos ajudantes futebolísticos

FC Santa Calus e o futebol no natal

O time feminino se reunindo e organizando uma tática para mais uma partida [Imagem: Instagram do FC Santa Claus/@fcsantaclausofficial]

Assim como produzir tantos brinquedos em um único ano demanda planejamento, no time não seria diferente. “Nosso clube é dividido em duas seções: a seção de times adultos (‘FC Santa Claus Círculo Polar Ártico’ para alunos A-juniores e mais velhos) e a seção júnior (‘FC Santa Claus Juniorit’ para B-juniors e mais jovens).” E após diversas puxadas de orelha no Papai Noel, até que enfim, em 2016, a Mamãe Noel fica contente em saber da criação do time feminino para integrar o funcionamento do clube. 

A equipe masculina do ano que vem, segundo o time, já está se reunindo. Após as festas natalinas, eles pretendem começar a treinar para a próxima temporada de verão. “Nós faremos um cronograma de treinamento de pré-temporada completo, para que estejamos em forma quando a temporada começar.” O ritmo pretendido é de três a quatro treinos por semana. Para auxiliá-los neste trajeto, o clube conta com instalações internas de treino, já que nem sempre o clima de neve da região deixa a grama visível e fornece condições agradáveis de jogo. 

Com toda uma organização de patrocinadores (até mesmo internacionais, como a Puma), estruturas para jogos, lojinha, estádio, entre outros, o time está longe de ser somente uma piada da temporada. “Nossa equipe masculina jogou na terceira divisão mais alta da Finlândia por muitos anos”, conquistando até mesmo uma das melhores campanhas da divisão em 2010. 

Infelizmente, depois de uma sequência ruim de derrotas nos últimos anos, o time masculino caiu de divisão duas vezes. Mas não há clima de desânimo: o clube reforça suas ambições reais, o objetivo de retornar a Kakkonen (terceira divisão), mesmo que demore alguns anos, e se prepara para reconstruir o time,  absorvendo o “orgulho de representar o Papai Noel no campo de futebol” e o espírito natalino.

 

A tradição natalina finlandesa

A vila do Papai Noel, em Rovaniemi, é um símbolo da incorporação finlandesa do Natal [Imagem: Wikimedia Commons]

Mas há um ponto curioso em toda essa história. Apesar de todas as dificuldades com as temporadas, o que mantém esse futebol vivo e motivado? A resposta vai ao encontro a uma característica cultural finlandesa: a forte tradição natalina. Por mais que o Papai Noel se inspire na história de São Nicolau, que viveu em uma costa turca a centenas de quilômetros da Finlândia, ele passou por diversas interpretações e ilustrações ao longo do tempo até se tornar o bom velhinho que é conhecido hoje e mudar seu endereço para o Polo Norte. 

O local se encaixa no lado mítico do conto, já que é isolado o bastante para basear mistérios e combina com a roupa típica. Se o Noel conhecido ainda morasse na Turquia, a rede elétrica do país ia sofrer muito com os ares-condicionados do velhinho. Mas foram os finlandeses que, percebendo o potencial turístico da região da Lapônia, souberam aproveitar melhor o local onde o Papai Noel deveria viver. A cidade de Rovaniemi, apesar do passado assombroso na 2ª Guerra Mundial, tornou-se a morada oficial de um velhinho feliz e familiar que deixa para trás marcas históricas. 

O FC Santa Claus entra justamente neste movimento de adoção finlandesa do Papai Noel e da cultura natalina, pertencendo inclusive à mesma cidade. Por meio desta incorporação cultural, o time prega os valores natalinos de solidariedade e integração, apoiando que todos possam jogar. 

Por ser o time de futebol de uma figura tão admirável no imaginário infantil, muitos jovens acabam por fazer parte da equipe. “O próprio Papai Noel está cuidando de nós, então todos devem se comportar. Somos um clube muito positivo e alegre, onde a simpatia, a bondade e uma atitude virtuosa são uma obrigação”, lembra o FC Santa Claus. 

O time conta que o Papai Noel gosta de aparecer nos jogos e eventos e, quando possível, surpreende as crianças. Até mesmo quando as temperaturas sobem no verão e a cidade fica mais quente, ele não se importa em manter as visitas com a roupa típica. E por ser uma estação quente, os finlandeses gostam de aproveitar o exterior de suas casas e jogar mais futebol.

Ele também possui a “própria liga de hobby para crianças, onde o foco está em se divertir e mover-se sem pressão. A liga é chamada de ‘Santa Claus Liga’”. E no inverno finlandês, estação em que pode ostentar suas roupas grossas, o time conta que o Papai Noel atinge o ápice da hospitalidade. Acomoda em seu resort as “festas de fim de temporada” das equipes do clube, em que a comida é preparada com amor na própria cozinha da Mamãe Noel. E se o barbudo consegue uma pausa no monitoramento da fábrica, ainda tira uma foto com os jogadores.

 

O clube mais famoso e festivo da temporada

A popularidade e empenho do time fizeram com que ele até saísse da pequena cidade de Rovaniemi [Imagem: Twitter do FC Santa Claus/@FCSantaClaus]

Com todo esse espírito e tradições, o FC Santa Claus estreou diversas reportagens e começou a receber admiradores de muitas partes do planeta. Pode-se dizer que, quando se trata do Natal, ele é o clube mais famoso da temporada. É uma representação de um grande  movimento natalino finlandês, concentrando valores-chave para entendê-lo. 

No entanto, a popularidade e o retorno ao time em um ano tão duro quanto 2020 foram quebrados. “Especialmente desde que o coronavírus começou a assolar o nosso planeta, o turismo e o interesse na Lapônia diminuíram muito. Esperamos que, quando as vacinas tiverem curado a humanidade, as pessoas venham nos visitar novamente em Rovaniemi e nos apoiem em nosso caminho de volta sucesso.” 

Até o famoso “Santa Claus Cup”, um torneio oficial de futebol do bom velhinho em Rovaniemi, não pôde acontecer em meio à pandemia da Covid-19. Mas mesmo assim, o time continua a enfrentar a situação cumprindo com seus ideais e objetivos. “Dentro do clube, passamos a atuar de forma mais profissional. Nós contratamos um gerente de treinamento em 2020 e também um treinador de goleiros em tempo integral agora. Nossos treinadores obtêm cursos e licenças da Associação de Futebol da Finlândia. Passo a passo, nos preparamos para terrenos mais elevados.” 

Por mais que este ano possa ser facilmente comparado ao Grinch, o FC Santa Claus não deixou com que roubassem seu Natal e manteve a esperança de melhores presentes na árvore do futuro da humanidade. Afinal de contas, independentemente dos contos, onde mais o Papai Noel iria jogar futebol?

Arquibancada
O Arquibancada é a editoria de esportes da Jornalismo Júnior desde 2015, quando foi criado. Desde então, muito esporte e curiosidades rolam soltos pelo site, sempre duas vezes na semana. Aqui, o melhor de todas as modalidades, de todos os pontos de vista.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*