Home Lançamentos Mundo Cão: os dias de cão estão apenas começando
Mundo Cão: os dias de cão estão apenas começando
CINÉFILOS
16 mar 2016 | Por Jornalismo Júnior

por Catarina Silva Ferreira
catarina.ferreirasilvs@gmail.com

“A vingança é um prato indigesto”. Essa é a frase que aparece no cartaz logo abaixo do título da produção nacional Mundo Cão (2016), sugerindo aos cinéfilos de plantão o enredo do longa. Enredo no qual a impulsividade, a violência e a imprevisibilidade das situações cotidianas entram em cena, e para ganharem vida contam com nomes como Babu Santana e Adriana Esteves para o casal principal (Santana e Dilza), Lázaro Ramos como vilão (Nenê), além dos quatro cães que interpretam Nero, Herodes, Salomé e Calígula.

O filme se passa na cidade de São Paulo, e leva o espectador a diferentes bairros da metrópole para apresentar sua trama. A periferia é o lar da família Santana, composta por Santana, Dilza, Isaura e João, os dois últimos interpretados por Thainá Duarte e Vinni Carvalho. Um bairro nobre da cidade abriga o ex-policial corrupto Nenê e e seus principais companheiros de crime, seus cachorros.

mundo cao 1
Além dos bairros contrastantes, Mundo Cão nos leva ao centro de controle de zoonoses, antes da lei que impede o sacrifício de animais sadios entrar em vigor, e esse é o local de trabalho de Santana. Lá ele conhece Nenê, que tem um de seus cães sacrificados, e esse é o gatilho para que a história se desenrole.

mundo_cao_de_marcus_jorge
A volatilidade da violência e as proporções que ela pode atingir são temas que o diretor Marcos Jorge afirmou querer destacar no filme. Em coletiva de imprensa, Jorge justificou sua escolha por cães no elenco do filme: ele queria retratar a violência sem fazer um filme violento. E pretende também mostrar ao público que o animal só se torna agressivo de acordo com os comandos do seu dono, a natureza dos cães é ser dócil.

Uma outra curiosidade exposta por Jorge é a de que o do nome do protagonista, Santana, se deu principalmente pelo nome do ator que o interpretaria (Babu Santana), o diretor queria retratar um personagem “bonachão”, que foi como ele definiu a imagem passada pelo ator Babu Santana. Também em coletiva, o ator mirim Vinni Carvalho e a atriz Thainá Duarte falaram dos desafios de estar pela primeira vez interpretando personagens para o cinema. A personagem de Thainá, merece atenção especial durante a trama pois no desfecho do filme ela será essencial.

mundo-cao-atriz-thaina-duarte
Os conceitos de vingança e de justiça com as próprias mãos são temas delicados e de difícil interpretação. As atitudes dos protagonistas se intercalam num jogo de vingança e violência crescentes. O enredo é repleto de reviravoltas, o que prende a atenção do espectador. Um ponto a se destacar é a escolha da trilha sonora, constante até em momentos que carecem de um pouco de silêncio para que a imaginação do espectador trabalhe.

O filme estreia dia 17 de março em circuito nacional, não deixe de conferir.

Trailer:

Cinéfilos
O Cinéfilos é o núcleo da Jornalismo Júnior voltado à sétima arte. Desde 2008, produzimos críticas, coberturas e reportagens que vão do cinema mainstream ao circuito alternativo.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*