Home Cine Trash Trash: 10 Filmes Sobrenaturais – Zumbis e Vampiros
Trash: 10 Filmes Sobrenaturais – Zumbis e Vampiros
CINÉFILOS
20 ago 2014 | Por Jornalismo Júnior
 Por Breno Leoni Ebeling
brenolebel@gmail.com

Estereótipos muitas vezes representam um problema: o “Cinema trash” é associado normalmente à má qualidade de filmes, mas ser trash não implica em ser ruim. Existe um universo cinematográfico que orbita em torno desse conceito, bem como exemplos de grandes nomes do cinema comercial que tiveram sua origem e inspiração dentro deste universo, que por não ter as mesmas amarras dos filmes comerciais conseguem atingir um grau de liberdade mais amplo em diversos quesitos, como fotografia e enredo.

Geralmente, o cinema trash apresenta filmes de baixo orçamento e pode representar um ambiente de alavancagem de talentos, que nesse sentido se assemelha ao papel que o cinema independente possui.

Peter Jackson, o diretor da trilogia “O Senhor dos Anéis” (Lord of the Rings, 2001 – 2003) e “O Hobbit” (The Hobbit, 2012 -)  obteve neste ambiente as oportunidades que necessitava para desenvolver seu trabalho criativo. Outro exemplo notável é Tim Burton, que não consegue negar as origens até os dias de hoje: seus filmes tem ampla influência oriunda da categoria.

Confira abaixo 13 filmes que abarcam o universo sobrenatural de vampiros e zumbis [para ver o trailer clique nas imagens]:

1. Matadores de Vampiras Lésbicas (Lesbian Vampire Killers, 2009)

matadores de vampiras lesbicas trash Os escritores Paul Hupfield e Stewart Williams foram desafiados a elaborar um título de filme que alinhasse duas características ao máximo: ser comercial e ao mesmo tempo idiota. ‘Caçadores de Vampiras Lésbicas’ foi o resultado, e a partir disso escreveram todo o roteiro.

2. Zumbis na Neve (Død Snø, 2009)

zumbis na neve trash

Estes zumbis nazistas são uma combinação de zumbis típicos com uma figura mitológica nórdica: os draugs. Criaturas não mortais semelhantes a vampiros, ficavam próximas a tumbas de pessoas importantes guardando tesouros como se fossem deles mesmos. Assim, basicamente são zumbis com certo grau de discernimento, o que gera algumas situações realmente inusitadas.

3. Zumbilândia (Zombieland, 2009)

zumbilandia trash

Jesse Eisenberg tem o estereótipo do nerd, tanto que depois do papel principal nesse longa, foi escolhido para interpretar Mark Zuckerberg em A Rede Social (Social Network, 2010). No caso de Zombieland, o apocalipse zumbi, popularizado na TV e Internet devido ao grande sucesso do seriado Walking Dead, é satirizado de muitas formas. A mais marcante delas são as 33 regras para sobreviver em um apocalipse zumbi.

4. ZMD: Zombies of Mass Destruction ( ZMD: Zombies of Mass Destruction, 2009)

zombies_of_mass_destruction-trash

Este é um bom exemplo de mesclagem trash: há uma forte crítica política que se utiliza de humor, de forma a se colocar em evidência algumas questões contemporâneas. O humor satírico está mais presente aqui do que na nossa média amostral.

5. Os Vampiros que se Mordam (Vampires Suck, 2010)

vampiros que se mordam trash Não há como negar que este é um exemplo de trash que utiliza suas sátiras contra a saga Crepúsculo, inspirada nos livros de Stephenie Meyer. Há elementos de humor que remetem a outras obras, e a estilística do filme segue a mesma linha da serie de filmes de humor Todo Mundo em Pânico (Scary Movie, 2000).

6. Doghouse  (Doghouse, 2009)

doghouse trash Em Doghouse, o humor britânico está mais do que presente: em muitas passagens o humor revela uma crítica à sociedade contemporânea. Não chega a ter o nível de Mont Python, mas como se diz na expressão: “dá para o gasto”.

7. Deadheads (Deadheads, 2011)

deadheads-trash

E se os zumbis ao invés de ter o papel estereotipado de ‘vilão’ fossem os mocinhos da história? Em Deadheads há uma inversão: o mocinho é um zumbi e está em busca de seu amor de adolescência. Assim sendo, tenta não ser (re-)assassinado nessa jornada.

8. Juan dos Mortos (Juan de los Muertos, 2011)

juan-of-the-dead-trash Este é um exemplo de trash que é bom. Este filme coleciona nomeações e premiações em diversos festivais internacionais de cinema, como Chicago e Bruxelas. A história contempla um cubano que regressa a seu país e o encontra em estado de calamidade: um apocalipse zumbi.

9. A Hora do Espanto (Fright Night, 2011)

Fright Night trash A Hora do Espanto é a história de um jovem que começa a investigar a estranha vida de seu vizinho, que ao longo da trama descobre ser um vampiro. Algumas situações inusitadas acontecem, e o filme acaba tomando uma vertente trash.

10. Cockneys vs Zombies (Cockneys vs Zombies, 2012)

cockneys_vs_zombies_trash

Outro exemplo de filme trash britânico. Aqui as sacadas de humor são um pouco mais sutis, mas não menos intensas, se compararmos com Doghouse. Nesta obra, o apocalipse zumbi se dá enquanto o grupo dos protagonistas está assaltando um banco para dar o dinheiro para ajudar nas contas do avô de um deles. A partir daí cenas que contrapõe a velocidade de um zumbi versus um idoso que utiliza um andador são exemplos do humor bem colocado do filme.

TAGS
Cinéfilos
O Cinéfilos é o núcleo da Jornalismo Júnior voltado à sétima arte. Desde 2008, produzimos críticas, coberturas e reportagens que vão do cinema mainstream ao circuito alternativo.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*