Home Lançamentos Um Funeral em Família faz juz ao nome… Uma lástima de comédia
Um Funeral em Família faz juz ao nome… Uma lástima de comédia
CINÉFILOS
04 abr 2019 | Por Cinéfilos

 

Longe daqueles filmes que nos fazem chorar de tanto rir, Um Funeral em Família (A Madea Family Funeral, 2019) é desinteressante e tedioso. Tudo começa com uma reunião de família que acaba em tragédia: a morte de um dos membros. Os planos mudam e Madea (Tyler Perry) fica responsável por organizar o funeral. Essa confusão também traz à tona segredos que deixam a vida de todos de cabeça para baixo.

O primeiro ponto que chama a atenção é a caracterização de Tyler Perry como mulher. Ele não só interpreta Madea, mas outros personagens como Joe, Brian e Heathrow (todos membros da família). Sua atuação é forçada propositalmente. O grande problema é que não soa engraçado em momento algum.

A cena do funeral é uma das mais maçantes [Reprodução]

O que falar das situações criadas pelo roteiro? Algumas tinham potencial para fazer críticas e divertirem ao mesmo tempo, como em certo momento em que o carro onde Madea está viajando com alguns parentes, todos negros, é parado pela polícia sem motivo aparente. A cena em si é interessante, mas esses momentos são poucos no filme. Mais para o final a matriarca, Vianne (Jen Harper), faz um discurso sobre maternidade e casamento, e como isso pode impactar a vida de uma mulher, dando destaque para o lado negativo que ela vivenciou 一 se sentir presa a um homem abusivo.

Infelizmente, o longa traz poucos desses momentos de reflexão e foca no humor escrachado, que de engraçado não tem nada. As relações familiares entre os personagens são confusas e podem deixar quem assiste sem entender o que está acontecendo. Nenhum personagem consegue ser interessante ou cativante. Pautados em estereótipos, como o homem babaca que sabe que está fazendo coisas erradas “se arrepende” ou o bonzinho.

O final consegue ser até interessante, mas o percurso para chegar até ele é massante e não vale a viagem. Um Funeral em Família pode até arrancar risadas de algumas pessoas, isso vai depender do tipo de humor de cada um. No fim das contas é frustrante e não vale tanto a ida aos cinemas. O longa estreia no dia 4 de abril. Confira aqui o trailer:

por Marcelo Canquerino
marcelocanquerino@gmail.com

Cinéfilos
O Cinéfilos é o núcleo da Jornalismo Júnior voltado à sétima arte. Desde 2008, produzimos críticas, coberturas e reportagens que vão do cinema mainstream ao circuito alternativo.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*