Home Descobrir Cinema Das páginas às telas: roteiros que não saíram do papel
Das páginas às telas: roteiros que não saíram do papel
CINÉFILOS
24 jun 2018 | Por Jornalismo Júnior

A maioria dos grandes sucessos de bilheteria são derivados de best-sellers literários. Extraordinário (Wonder, 2017), It: A Coisa (It, 2017), Estrelas Além do Tempo (Hidden Figures, 2016) e A Cabana (The Shack, 2017) são exemplos de filmes que estrearam em 2017 no Brasil e têm seus roteiros escritos a partir dos enredos dos respectivos livros. Assim que uma obra literária começa a ganhar público, a fanbase se une implorando pelas adaptações cinematográficas e cogitando os atores que melhor se encaixariam nos papéis.

Para a alegria dos fãs, na maioria das vezes os direitos autorais são rapidamente comprados e o sonho de ver os personagens favoritos se materializando em sua frente se torna real. Porém, nem sempre os roteiros saem do papel e quando saem, muitas vezes se tornam um fracasso nas telas, como Os Instrumentos Mortais, Percy Jackson e a saga Divergente.

Roteiros que não saíram do papel

Quem é você, Alasca?

Roteiros

[Reprodução]

Dois livros do autor John Green foram transformados em filme. A Culpa é das Estrelas (The Fault in Our Stars, 2014) foi um sucesso de bilheteria mundial e na semana de estreia chegou ao primeiro lugar na América do Norte. O filme contava com a atuação de três jovens estrelas que estavam conquistando o público teen na época: Shailene Woodley, Nat Wolf e Ansel Elgort. O acerto foi tanto que Cidades de Papel (Paper Towns, 2015) teve Nat Wolf como protagonista e a modelo Cara Delevingne iniciou sua carreira nas telonas interpretando Margo. Porém o queridinho dos fãs de Green sempre foi Quem é você, Alasca? e o público não via a hora de descobrir quem interpretaria a icônica Alasca Young. A Paramount Pictures detinha os direitos do livro desde o seu lançamento e a possibilidade de ver o longa pronto se aproximava. A cidade onde o filme seria gravado foi escolhida, Ellen Fanning foi cotada para o papel principal e o roteiro estava pronto, mas, em 2016, John revelou que a adaptação não aconteceria.

“Já que isso tem tantos RTs [referindo-se a um cartaz do filme feito por um fã], eu acho que devo dizer: Não haverá filme de Quem é você Alasca? (do meu conhecimento, pelo menos)”

Em outro tweet disse “Eu não tenho controle sobre os direitos do filme de Quem é você, Alasca?. Do meu conhecimento, a Paramount (que detém os direitos) não tem planos.”

A Seleção

Roteiros

[Reprodução]

As distopias estavam no seu auge quando Kiera Cass lançou A Seleção em 2012. Castas e realeza compõem elementos básicos da história. A Warner Bros comprou os direitos dos livros em 2015 e a trilogia esteve muito perto de virar uma série de televisão, mas os roteiros não foram aprovados. No começo de 2017 não havia nenhuma nova notícia, porém Thea Sharrock, que dirigiu o filme Como Eu Era Antes de Você (Me Before You, 2016), adaptação que foi um sucesso de bilheteria, garantiu que o filme sairá e de que ele já possui um elenco em mente, apesar de não poder revelar.

A Maldição do Tigre

Roteiros

[Reprodução]

A saga de quatro livros escrita por Collen Houck era uma aposta para ser um grande sucesso. A comparação com Crepúsculo era inevitável, mas muitos críticos consideravam que seu roteiro prometia ainda mais. A Maldição do Tigre é uma mistura de romance água com açúcar com aventura. Os livros são cheios de ação e a escrita da autora contribui para a visualização das cenas, o que torna o enredo perfeito para o cinema. Os efeitos cinematográficos, a ambientalização e a possibilidade de efeitos especiais tornava a adaptação certeira. A presença da mitologia indiana, até então pouco explorada, atraía mais e mais leitores. Em 2014, a franquia atraiu um estúdio também. A Paramount comprou os direitos autorais e a ansiedade começou. O ator que faria Dhiren Rajaram, um dos personagens centrais que compõem o triângulo amoroso, já havia sido escolhido, mas não revelado ao público. O filme deveria ser lançado em 2016, mas até agora não há novidades sobre as gravações ou sobre o elenco. Collen afirma saber tanto quanto os fãs e há especulações de que os direitos agora estão com Ineffable Pictures e LOTUS Entertainment. Desde 2014 os fãs aguardam pela adaptação que só vai sendo adiada, ano a ano.

Americanah

Roteiros

[Reprodução]

A autora Chimamanda Ngozi é a querida do momento. A nigeriana se tornou uma das porta vozes do movimento feminista e suas palestras no TED Talks têm milhares de visualizações. Chimamanda já escreveu oito livros, mas a sua obra de 2013 ainda é a que conquista os fãs. Americanah não é um simples romance. O livro trata de temas importantes como racismo, machismo e imigração. A atriz vencedora do Oscar de melhor atriz coadjuvante em 2014 por 12 Anos de Escravidão (12 Years a Slave, 2013), Lupita Nyong’o, também nigeriana, produzirá e estrelará o filme. A atriz dividirá as telas com David Oyelowo, conhecido por ter interpretado Martin Luther King Jr. no filme Selma (2014). Porém, desde 2014, não há novidade alguma sobre a adaptação.

Hush, Hush

Roteiros

[Reprodução]

Na onda de livros sobre anjos caídos como Fallen e Beijada por Um Anjo, apareceu Hush, Hush. O livro de 2009 arrebatou muitos fãs e Becca Fitzpatrick, a autora da série, vendeu os direitos autorais para LD ENTERTAINMENT. Em 2014 o roteiro, escrito pelo roteirista da série Glee (2009-2015), ficou pronto, mas algo não agradou a autora.

“Eu vendi os direitos do filme. Eu recebi o roteiro, em abril [de 2014]. Eu achei que eles fizeram um bom trabalho, mas eu pensei que não era o momento certo. Algo não parecia certo. Então não renovei os direitos do filme dessa vez. Eles voltaram para mim. Então, neste momento, não há planos.”

A saga permanece sem previsão de adaptação, o que ainda desaponta a fanbase.

por Júlia Vieira
juliavcamargo@live.com

Cinéfilos
O Cinéfilos é o núcleo da Jornalismo Júnior voltado à sétima arte. Desde 2008, produzimos críticas, coberturas e reportagens que vão do cinema mainstream ao circuito alternativo.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*