Home Eu Fui Usos do Minhocão: O Mercado das Pulgas
Usos do Minhocão: O Mercado das Pulgas
Eu Fui
22 maio 2015 | Por Jornalismo Júnior

Construído pelo Prefeito Paulo Maluf em 1970, o Elevado Costa e Silva liga o bairro das Perdizes à Praça Roosevelt e levou 11 meses para ficar pronto. Seu nome é em homenagem à um dos presidentes do período da ditadura militar, que inclusive, indicou o prefeito ao seu cargo. De início, enfrentou muitas críticas que alegavam a falta de utilidade da via e que a obra atrasaria a construção da linha leste-oeste do metrô. Mesmo depois de tantos anos, os paulistanos ainda consideram o Minhocão uma aberração arquitetônica.

Em 1990, a Prefeita Luiza Erundina proibiu o trânsito no local durante os domingos e feriados, e restringiu o acesso durante a semana, que passou a ser fechado das 21h30 às 6h. Houve vários projetos de demolição do Elevado, sendo o mais recente de 2014 pelo prefeito Fernando Haddad, que propõe a progressiva desativação da via, até que seja viável sua demolição ou a transformação em um parque.

Todo paulistano conhece o tal do Minhocão, mas muitos ainda o consideram como uma obra de engenharia ou apenas um local descuidado. Em contrapartida, aos domingos é comum encontrar pessoas utilizando o local para passeio, seja a pé ou de bicicleta. Foi em virtude do plano diretor traçado por Haddad que se criou a Associação Amigos do Parque Minhocão, que pretende discutir a transformação do elevado em um parque, beneficiando não só os moradores da região, mas todos os paulistanos.

Foi pensando em transformar essa monotonia, que um grupo de jovens que moram perto do local decidiu criar o Mercado Das Pulgas. Ele consiste em um mercado a céu aberto, onde as pessoas podem expor aquilo que querem desapegar, vendendo e trazendo sorrisos aos seus compradores. O Minhocão passou a ser um lugar de música, convivência e conversas. Ganhando vida com tanto movimento, com pessoas rindo, dançando e tirando fotos, coisa inédita para um local que costuma ser cinzento e desvalorizado.

Foto: Reprodução.

O Mercado Das Pulgas está em sua segunda edição, que acontecerá nesse domingo, dia 24 de maio. Ele é aberto ao público e gratuito, portanto, é importantíssima a participação de todos os interessados, para que essa ideia repercuta e transforme-se num grande evento.

Muito além de ser apenas um espaço comercial, a ideia é proporcionar uma convivência diferente entre todos os tipos de pessoas e transformar o Minhocão em um local de intervenção cultural e artística. Há lugar para todos os tipos de vendas, desde discos e roupas até gibis e livros. A primeira edição aconteceu dia 26 de abril e teve grande adesão do público, portanto, a expectativa para essa próxima é grande! O evento é gratuito inclusive para quem quiser vender, é só comparecer e expor. A entrada é pelo lado Perdizes-Pacaembu, paralelo ao Largo Padre Péricles.

Neste vídeo você pode conferir como foi a 1ª Edfição do Mercado das Pulgas.

Evento: https://www.facebook.com/events/1615611848661799/

Dia: 24/05 – Domingo, às 12h.

Local: Via Elevado Costa e Silva (Minhocão), perto do Largo Padre Péricles.

Por Lid Capitani 
lidiamcapitani@gmail.com

Sala 33
O Sala33 é o site de cultura da Jornalismo Júnior, que trata de diversos aspectos da percepção cultural e engloba música, séries, arte, mídia e tecnologia. Incentivamos abordagens plurais e diferentes maneiras de sentir e compartilhar cultura.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*