Home Controle Remoto A volta de David Letterman que, assim como seus convidados, dispensa apresentação
A volta de David Letterman que, assim como seus convidados, dispensa apresentação
Controle Remoto
16 out 2018 | Por Jornalismo Júnior

Imagem: Divulgação

O ano de 2018 mal começara quando a Netflix lançou o programa My Next Guest Needs No Introduction (ou O Próximo Convidado Dispensa Apresentação, em português) que trazia de volta à TV nada mais, nada menos que David Letterman. Depois de dois anos em hiato, dado a saída de seu programa The Late Show em 2015, David voltou com uma nova chefe: Netflix.

Em My Next Guest Needs No Introduction, o formato de talk show que o público estava cansado de ver com os inúmeros existentes na TV americana (The Ellen DeGeneres Show, The Tonight Show Starring Jimmy Fallon e Jimmy Kimmel Live) deu lugar à um formato que não podia ter caído melhor em Letterman, pois colocou os holofotes no que o apresentador fazia de melhor: entrevistas.

E foi com esse objetivo que a Netflix contratou o apresentador que tinha mais de duas décadas em seu emprego anterior e que era referência no mundo dos talk shows. Ela tirou todos os clichês — a mesa separando o convidado do apresentador, as brincadeiras e um ambiente disperso e colorido — e propôs algo mais sério e direto: David e o convidado, em um ambiente totalmente voltado para os dois, sem distração nenhuma, um público e cortes entre a entrevista no palco e entrevistas fora dos holofotes (onde David visitava alguém ou algum lugar relacionado ao convidado). Foi assim que David Letterman voltou para acrescentar à esse mundo que o público já tinha saturado.

E logo no primeiro episódio a Netflix fez questão de mostrar que não estava para brincadeiras. Como o próprio nome do programa já diz, todos os convidados de Letterman dispensam apresentação, e quem mais para dispensar (qualquer) apresentação se não Barack Obama?

Imagem: Reprodução

Sim, o programa teve sua estréia com David Letterman entrevistando o 44º presidente dos Estados Unidos da América. Para os fãs do apresentador, tal feito não é tão chocante, pois Obama já havia ido ao The Late Show em 2015, antes de Letterman sair da emissora. Mas agora, em seu novo programa, David aparenta não ter papas na língua quando conduz a entrevista com seu humor ácido, apesar de manter um tom muito descontraído, como em uma conversa no bar entre amigos.

Nessa primeira temporada que contém sete episódios, David dá seu toque nas entrevistas que fluem incrivelmente bem, já que a forma com que o apresentador conduz o entrevistado é mesclada com suas histórias pessoais. Dentre os nomes carismáticos que foram convidados estão Tina Fey, Malala Yousafzai e Jay Z, cada um representando um aspecto diferente que Letterman têm em vista abordar.

Além das seis entrevistas, a série também contém um bônus: um episódio inteiro em que a mesa vira — dessa vez David Letterman foi o entrevistado, e por ninguém menos que Jesse Seinfeld. O assunto gira em torno da vida, família e o humor, que sempre esteve presente na vida dos dois, assim David não evita e acaba por entrevistar Jesse também.

Com um ambiente neutro, perguntas afiadas e respostas nuas e cruas sobre os assuntos mais pertinentes (ou nem tanto) que se relacionam ao convidado, My Next Guest Needs No Introduction dá um ar fresco e surge como uma opção mais atraente em meio aos inúmeros talk shows, principalmente na TV americana.

Confira o trailer:

Por Gabrielle Yumi
gabrielleyumif@gmail.com

Sala 33
O Sala33 é o site de cultura da Jornalismo Júnior, que trata de diversos aspectos da percepção cultural e engloba música, séries, arte, mídia e tecnologia. Incentivamos abordagens plurais e diferentes maneiras de sentir e compartilhar cultura.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*