Home Escuta Aí Criolo abre turnê “Ainda há tempo” em São Paulo
Criolo abre turnê “Ainda há tempo” em São Paulo
Escuta Aí
06 abr 2016 | Por Jornalismo Júnior

Abriram  a caixa de pandora, e de dentro dela saiu um dos maiores artistas da cena do rap nacional contemporâneo. O lançamento da nova turnê que leva o nome de seu primeiro álbum, “Ainda há tempo”, aconteceu dia 1º de abril na Audioclub em São Paulo. O sala 33 marcou presença neste memorável dia, que, apesar da data simbólica, pôde trazer verdade e amor para os corações lá presentes.

https://www.youtube.com/watch?v=5LMiSLwVGws

Em suas músicas,  que transitam não somente pelo rap mas também pelo soul, pelo samba e pelo afrobeat, descrevem o que vivenciou nesses 40 anos de vida, seja pelo Grajaú ou por qualquer outra quebrada de São Paulo. Apesar de cantar rap desde jovem, seu primeiro álbum, “Ainda há tempo”, foi lançado apenas em 2006. Entretanto, Criolo mencionou no show que mesmo que seu álbum tenha sido lançado relativamente tarde, “sempre passaram na minha cabeça mil ideia de quebrada”, fazendo do rap muito mais do que moda, um manifesto.

Em 2011 lançou o seu segundo álbum, Nó na Orelha, com um estilo mais versátil do que o primeiro, que conta com lindos sambas e apresenta sonoridades diversificadas,misturandoi afrobeat, funk, soul, hip hop e brega.

Na MTV Video Music Brasil (VMB) desse mesmo ano, Criolo venceu os prêmios de melhor álbum e de melhor música, com uma das faixas mais reflexivas  desse seu segundo álbum, inclusive a que recebeu maior destaque, “Não existe amor em sp”, falando de alguns sentimentos que lhe vieram a tona sobre conclusões que tirou de momentos passados na capital paulistana.

Já em 2014,lançou o seu terceiro e até então último álbum de estúdio, “Convoque seu buda”, com participações de artistas de peso como Juçara Marçal, Neto (síntese) e Tulipa Ruiz.

No show de lançamento, Criolo mesclou músicas de seus três álbuns numa linda e emocionante apresentação que pregava o amor, igualdade e união.”Não me importa se você é rico ou pobre, preto ou branco, se vem de quebrada ou não, o que realmente me importa é o amor que cada um carrega no coração.”

Numa brincadeira realizada no show, separou o público em dois grupos divididos por uma linha imaginária que ele mesmo traçou. Um deles deveria fazer barulho ao sinal de Criolo, e, o outro lado, ao sinal de DJ DanDan. Logo começou uma estranha disputa pra ver quem que faria mais barulho. “Vocês viram como é facil colocar uns contra os outros? De repente, por uma linha boba, imaginária, vocês começaram a disputar para ver quem gritava mais alto. Mas como é bom se sentirmos um só, sem disputas, todos unidos, afinal, de nos sentirmos JUNTOS”, disse o músico ao final da brincadeira.

Show do dia 1° de abril. Imagem: Rafael Bronzatto

Além disso, algumas pessoas estenderam, durante o show, uma grande faixa escrita “Não vai ter golpe!’, que recebeu o apoio de DJ DanDan.

Com a humildade de um rei, sempre no sapatinho, o mais doido dos crioulos fez questão de agradecer em diversos momentos a presença de cada um dos presentes naquele momento, além de pedir um salva de palmas para cada um dos integrantes do grupo, para a organização do evento que possibilitou tal espetáculo e principalmente para seu pai e sua mãe, que também prestigiaram o belíssimo show.

Ao final do show, ovacionado por todos os presentes, o índio, caboclo, cafuzo, ou melhor, brasileiro Criolo, agradeceu com fervor a todos os presentes, e foi retribuído com o mesmo sentimento: gratidão. Gratidão por ser um missionário da paz e do amor, proporcionando diversas reflexões à todos aqueles que dedicam parte de suas vidas para ouvir sua voz. Gratidão por nos fazer relevar as diferenças e dar mais atenção às semelhanças que temos entre nós. Gratidão, principalmente, para trazer a  certeza de que as pessoas não são más, elas apenas estão perdidas, e que ainda há tempo para mudar tudo. Então, vamos cantar pra espantar a maldade dessa terra, pois só o amor trará vitória nessa guerra.

Imagem: Divulgação

Por Rafael Bronzatto
rafaelbronzattopereira@gmail.com

Sala 33
O Sala33 é o site de cultura da Jornalismo Júnior, que trata de diversos aspectos da percepção cultural e engloba música, séries, arte, mídia e tecnologia. Incentivamos abordagens plurais e diferentes maneiras de sentir e compartilhar cultura.
VOLTAR PARA HOME
COMENTÁRIOS
Catarina Sula
adorei o artigo, criolo sempre passando muita sabedoria!!!! parabénsssssssssss
08 abr 2016
 
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*