Home Em Cena Fuerza Bruta: explosão de originalidade
Fuerza Bruta: explosão de originalidade
Em Cena
27 maio 2015 | Por Jornalismo Júnior

Imagine-se em pé dentro de um espaço cheio de pessoas. Está tudo escuro e, de repente, um tipo de banda começa a se apresentar tocando uma música que vai grudar na sua cabeça por, pelo menos, 1 hora. Você olha pra cima e lá está um grupo de garotas agarradas e vestidas de roupas coloridas balançando bem sobre a sua cabeça. É assim que começa o espetáculo Wayra, do Fuerza Bruta.

Uma mistura de teatro, dança e circo dá vida a um show criativo e muito original. A desenvoltura e o condicionamento físico dos atores impressiona em números arriscados e, sem sombra de dúvidas, diferentes de tudo já visto antes.

Outro fator interessante é que os artistas não falam nada durante a apresentação. Isso porque dessa forma a barreira mais importante é quebrada: a do idioma, e assim a conexão entre os artistas e a plateia pode ser mais intensa.

O espetáculo apresentado em São Paulo, Wayra, traz uma verdadeira viagem pelos sentidos. Com números completamente diferentes, o show permite um passeio entre as mais diversas emoções: tensão, alegria, estranhamento, empolgação e até mesmo incômodo, tal como uma viagem pelo presente, passado e futuro.

imagem-fuerza-3

O espetáculo traz uma viagem pelos sentidos. Foto: Divulgação.

Também é legal lembrar que a palavra “Wayra” significa “vento” no idioma quechua, fator extremamente utilizado durante todo o espetáculo. Contudo, a característica do show que mais chama a atenção é a interatividade dos artistas com o público, que está presente praticamente o tempo todo. Em um momento um DJ entra no meio das pessoas e começa a tocar uma música que contagia a todos (como se fosse uma balada!), e no outro está todo mundo tentando pegar os papeizinhos que caem sobre o público.

Entretanto, a parte mais instigante do espetáculo talvez seja o momento em que uma tela transparente desce sobre as pessoas até o ponto em que pode ser tocada. De repente, essa placa enche de água e quatro atrizes muito simpáticas começam a dançar, brincar, pular e, claro, interagir com a plateia, tudo sobre esse suporte. Esse é, com certeza, um dos pontos clímax do show.

 

fuerza 2

Foto: Divulgação.

Além disso, outro momento magnífico do Wayra é quando uma bolha de plástico surge sobre a plateia e um tubo de vento se forma. Nele, os atores vão andar e voar. Depois disso, os artistas descem por essa bolha e capturam alguns espectadores, que vão, junto com os atores, andar sobre a plateia.

O único problema desse modo de apresentação é o desconforto causado pela movimentação de palcos. Como todos estão de pé, quando algum dos artifícios usados durante as apresentações se mexe, o público deve se mover também. Apesar de gerar uma experiência no mínimo inovadora para a plateia, às vezes é incômodo porque fica apertado demais ou meio desproporcional, já que pessoas mais altas podem ficar na frente de outras mais baixinhas, por exemplo, impossibilitando a visão dos que estão mais atrás (uma solução para esse problema seria elevar os palcos em alguns centímetros).

O grupo de teatro que nasceu na Argentina e estreou em 2005, passou até agora por cerca de 50 cidades no mundo todo, dentre elas Nova Iorque, Buenos Aires, Londres, Beijin e Tel Aviv. O Fuerza Bruta vendeu mais de 1,8 milhão de ingressos até hoje, sendo que pelo menos 820 mil deles foram adquiridos pelo público nova-iorquino.

 

fuerza-4

Os artistas cantam, dançam e interagem com o público. Foto: Divulgação.

 

Um dos motivos desse sucesso estrondoso na cidade americana é o fato de que o grupo tem um show fixo na Broadway, em Nova Iorque. Entretanto, o que poucos sabem é que quando ainda estava no off-Broadway, se apresentando no Daryl Roth Theater, Fuerza Bruta era constantemente assistido por famosos, como Leonardo Di Caprio, Jay-Z, Beyoncé e Usher. Aliás, Usher gostou tanto do espetáculo que resolveu gravar o clipe de sua música Scream no cenário do show. Confira o vídeo abaixo:

Algumas outras curiosidades sobre o grupo são que ele participou de vários eventos importantes, como a comemoração de 50 anos da TV Globo, a Cerimônia  do Bicentenário argentino, sendo convidado pelo próprio governo e exibida para mais de 2 milhões de pessoas, além de ter participado de vários eventos e campanhas publicitárias de marcas importantes.

Wayra termina exatamente da forma como começa: todos dançando e cantando ao som da música tema do espetáculo que, nesse momento, já está grudada na cabeça de todos presentes.

Envolvente, misterioso e inovador, Fuerza Bruta é uma experiência imperdível para aqueles que querem conhecer um novo tipo de espetáculo.

Depois de São Paulo o grupo segue para Lima, no Peru.

 

 

Por Giuliana Viggiano
viggiano.giuliana@gmail.com

Sala 33
O Sala33 é o site de cultura da Jornalismo Júnior, que trata de diversos aspectos da percepção cultural e engloba música, séries, arte, mídia e tecnologia. Incentivamos abordagens plurais e diferentes maneiras de sentir e compartilhar cultura.
VOLTAR PARA HOME
COMENTÁRIOS
Estela Costa
A critica conseguiu explorar fielmente o que aconteceu neste show de sentidos e sensacoes. Estive lah e pude conferir. Parabens pelos detalhes e imagens aqui compartilhados! Sucesso!
30 maio 2015
 
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*