Home Escuta Aí Poderosa, perigosa e talentosa – Dangerous Woman Tour no Brasil
Poderosa, perigosa e talentosa – Dangerous Woman Tour no Brasil
Escuta Aí
03 jul 2017 | Por Jornalismo Júnior

Ariana Grande aterrissou em solo brasileiro para sua turnê Dangerous Woman Tour. A cantora se apresentou no Rio de Janeiro e depois seguiu para São Paulo, onde no dia 01/07 fez um show no Allianz Parque.

A agitação começou ainda cedo. Desde a manhã, muitos fãs já se aglomeravam nas filas para garantir um bom lugar em seu devido setor. Para todos os lados era possível ver as famosas orelhinhas de látex e as tiaras de gatinho que a cantora usa. Após algumas horas de espera, por volta das 15h30 os portões foram abertos. As pessoas foram liberadas aos poucos para serem revistadas pelos policiais e assim, entrar no estádio.

Vale ressaltar que, há pouco mais de um mês, ao final de um show de Ariana em Manchester, um atentado terrorista, infelizmente, tirou a vida de 22 pessoas – dentre esses, estavam fãs da cantora – além de muitos outros feridos. Por conta disso, as questões de segurança em seus shows aumentaram. Além das costumeiras proibições, mochilas e bolsas grandes não foram permitidas. Também, um forte esquema policial foi montado, com a presença da Tropa de Choque e da Cavalaria.

A jovem cantora Sabrina Carpenter foi a responsável por aquecer o público, abrindo o show de Ariana. Foto: Reprodução Allianz Parque

O primeiro show de abertura ficou a cargo de Dj Ronaldinho. Ele buscou animar o público com seu set de remixes com grandes nomes da música nacional e internacional. Não era o que todos aguardavam, mas serviu para “esquentar” para o que viria mais tarde.

Em seguida, por volta das 19h, as luzes se apagaram pela primeira vez. Era a entrada de Sabrina Carpenter, responsável por abrir o show de Ariana em toda a turnê. A cantora, no auge dos seus 17 anos, é conhecida por ter atuado na série da Disney Girl meets world. Pela 1ª vez no Brasil, ela cantou algumas de suas músicas e fez covers. A jovem deixou todos empolgados com Thumbs, de seu repertório, e That’s what I like, de Bruno Mars. Esbanjando beleza e simpatia, Sabrina mostrou-se promissora, com uma voz poderosa e o incrível talento de despertar interesse.

O público já estava animado, quando, no telão, surgiu um vídeo de Ariana. As imagens da cantora e a contagem regressiva deixou todos encantados com sua beleza e ainda mais ansiosos. Até que então, tudo começou, com Be alright dando início à noite. Estilosa como sempre, Ari usou vários looks incríveis ao longo do show. A cantora também deixou o famoso rabo de cavalo de lado e apostou no cabelo solto.

Reprodução: Instagram @carol_baptistella

Logo na segunda música, todos saíram do chão ao som de Everyday. Esse início  foi um dos pontos altos da noite, que teve música para todas as intenções: dançar, cantar, sentir o amor no ar ou até mesmo se emocionar. Mas seguindo a linha da dança, Greedy, Bang Bang (com Jessie J, Nicki Minaj) e Break Free foram responsáveis por muitos pulos alegres na pista.

Os casais sentiram-se representados quando Ariana cantou as mais românticas de sua setlist. Moonlight, Thinking bout you e Sometimes fizeram com que todos sentissem a vibe do amor e compartilhassem do “momento fofura”. No entanto, Ariana também cantou para os que têm o coração partido. Foi assim com Leave me lonely e Touch it que levou muitos às lágrimas.

Certamente, o momento mais emocionante foi quando o símbolo do One Love Manchester surgiu ao fundo do palco. Nessa hora, Ariana fez uma homenagem às vítimas da tragédia  com um lindo cover de Somewhere over the Rainbow. Foi difícil conter a emoção, quando até mesmo a cantora se rendeu às lágrimas.

Todos se emocionaram e ovacionaram Ariana após homenagem às vítimas do atentado em Manchester. Foto: Flávio Ismerim

No geral, o show de Ariana Grande foi muito bonito visualmente. As ótimas coreografias deram toda a dinâmica da estrela jovem do pop. Os vídeos exibidos no telão durante as performances, os interludes e efeitos de iluminação – que davam uma impressão de tridimensionalidade – foram arrasadores! Até mesmo o cenário a favoreceu. Um exemplo é a performance de Side to side, em que – assim como no clipe – a cantora cantou e dançou em cima de uma bicicleta de academia.

Seus grandes sucessos também não ficaram de fora. Cantados do começo ao fim pelo público, foram outro ponto alto da noite. Os hits Love me harder, Focus, Problem, Into you e Dangerous woman levaram os fãs à loucura. Foi arrepiante ver a legião de pessoas venerando e enaltecendo a cantora. Da pista, era possível sentir o chão tremendo com a energia de todos. Cantando com muita força as 23 músicas apresentadas, formaram um enorme coral, que chegava a abafar o som em alguns momentos.

Na bicicleta ergométrica, Ariana performa parceria com Nicki Minaj, Side to side. Foto: Flávio Ismerim

Os fãs, em sua maioria jovens e adolescentes, aproveitaram muito cada segundo daquela experiência e momento único. Por várias vezes, no intervalo das músicas, iniciaram ondas de declarações gritando: “Ariana, I love you”. Até que em um momento, a cantora respondeu ao grito dos fãs no backstage com um “I love you too, guys”.

E assim, de forma plena e muito agradável, Ariana Grande marcou mais uma vez nosso país com sua brilhante passagem. Abrindo aqui um espaço para um comentário em 1ª pessoa, devo admitir que amei assistir essa maravilhosa cantora ao vivo. Ariana, cada vez mais, mostra-se uma artista completa, atendendo a todas expectativas. A melhor experiência, acima de tudo, foi ter ouvido pessoalmente sua incrível voz, atingindo notas altíssimas – sua marca registrada – sem jamais desafinar. Um talento que só uma dangerous woman poderia ter. E já estamos com saudades de todo esse perigo. Pode vir, dangerous! O Brasil já te espera novamente!

São Paulo, I can’t believe tonight was real ???????????? Thank you from the bottom of my heart! Eu te amo!!! ? ???

Uma publicação compartilhada por Ariana Grande (@arianagrande) em

Gabriel Bastos
gabriel.bastos@usp.br

Sala 33
O Sala33 é o site de cultura da Jornalismo Júnior, que trata de diversos aspectos da percepção cultural e engloba música, séries, arte, mídia e tecnologia. Incentivamos abordagens plurais e diferentes maneiras de sentir e compartilhar cultura.
VOLTAR PARA HOME
COMENTÁRIOS
ChainHar
I like EDM bands! I really do! And my favourite EDM band is The Cheinsmokers! DJs Alex Pall and Andrew Taggart are about to perform more than 50 concerts for their fans in 2019 and 2020! To know more about The Chainsmokers in 2019 and 2020 visit site Chainsmokers tour Sacramento. You won't miss concerts in 2020 if you visit the link!
06 maio 2019
 
Carriepa
Carrie Underwood is my favourite US contry singer. She is young, beautiful and charming woman in her 30s. Her voice takes me away from all issues of this world and I start enjoy my life and listen songs created by her. Now the singer is on a Cry Pretty 360 Tour started in May of 2019. The concerts scheduled for the whole 2019, up to the 31st of October. Ticket prices are moderate and available for all men and women with different income. If you love contry music, then you must visit at least one of her concert. All tour dates are available at the Carrie Underwood tour. Visit the website and make yourself familiar with all powerful Carrie Underwood concerts in 2019!
04 maio 2019
 
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*