Home Especiais Tóquio 2020 | Lucas Verthein estreia no Remo com classificação
Tóquio 2020 | Lucas Verthein estreia no Remo com classificação

Atleta de Remo do Brasil estreou com bom desempenho e já garantiu a classificação para as quartas de final

ARQUIBANCADA
23 jul 2021 | Por Maria Carolina Milaré Albuquerque (mariamilare@usp.br)

Lucas Verthein, representante do Brasil na categoria Single Skiff de Remo, estreou ontem nas Olimpíadas de Tóquio. O atleta participou da primeira bateria do dia e terminou em terceiro lugar, garantindo sua classificação para as quartas de final.

O brasileiro fez os dois mil metros do percurso com um tempo de 7:05:00. O primeiro colocado foi o norueguês Kjetil Borch com  6:54.46. Lucas manteve-se a maior parte da prova em segundo lugar, mas foi ultrapassado pelo Húngaro Bendegúz Pétervári-Molnár nos últimos metros.

Na entrevista que Lucas concedeu ao SporTV após a prova,  disse que perdeu a segunda colocação em razão de um pequeno desvio que seu barco fez para a raia ao lado. No momento de esforço que precisou fazer para retornar ao centro de sua raia, o Húnguro, que ficou a prova toda na sua cola, conseguiu ultrapassá-lo. 

O atleta também disse que não precisou se desgastar ao máximo na prova pois viu que já estava dentro da zona de classificação. O remador foi o primeiro atleta brasileiro a disputar uma categoria individual nos Jogos de Tóquio.

A prova  inteira foi dividida em seis baterias, com cinco atletas em cada uma delas. Os três primeiros colocados de cada bateria avançavam para as quartas de final, que será no domingo, dia 25. O brasileiro terminou em 11º na colocação geral. Os demais participantes que não foram classificados ainda terão a chance de participar de uma repescagem.

A prova ocorreu às 20:30, no horário de Brasília, na Sea Forest Waterway, um percurso construído na baía de Tóquio exclusivamente para as Olímpiadas para sediar as provas de remo e canoagem. 

Tóqui 2020

Sea Forest Waterway [Imagem: Reprodução/ Governo Metropolitano de Tóquio]

Na semana passada o local da competição foi uma preocupação para o Comitê Olímpico. Uma invasão de ostras atingiu a Baía de Tóquio e mais de R$6 milhões de reais foram gastos para reparar os danos causados. Foram retiradas 14 toneladas do molusco, que ocasionaram o afundamento de estruturas presentes na água que são responsáveis por evitar a formação de ondas no local.

Lucas tem 26 anos e é atleta do Botafogo. Ele conquistou sua vaga para as Olimpíadas quando conquistou o primeiro lugar no pré-olímpico das Américas, que ocorreu no Rio de Janeiro, em março de 2021.  Logo em seguida, também foi campeão do Sul-Americano.

Após a disputa da categoria masculina, teve o início da competição também para as mulheres no Single Skiff, mas o Brasil não tem representantes femininas no remo.

Imagem de capa: Reprodução @lucasverthein/Instagram]

Arquibancada
O Arquibancada é a editoria de esportes da Jornalismo Júnior desde 2015, quando foi criado. Desde então, muito esporte e curiosidades rolam soltos pelo site, sempre duas vezes na semana. Aqui, o melhor de todas as modalidades, de todos os pontos de vista.
VOLTAR PARA HOME
COMENTÁRIOS
João
É animador saber que, o Brasil abriga esportistas de altíssima qualidade não só para os esportes mais tradicionais. Por outro lado, é vergonhoso saber que há pouquíssimo estímulo governamental, para a prática dos mesmos. Parabéns pela matéria!
24 jul 2021
 
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*