Home Na Estante A revista de autores desconhecidos: conheça a Originais Reprovados
A revista de autores desconhecidos: conheça a Originais Reprovados
Na Estante
24 set 2019 | Por Laura Toyama (laura.toyama@usp.br)

A revista literária originada na Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP está prestes a debutar em sua 15ª edição. Diagramada inteiramente pelos membros da Com-Arte Júnior, empresa júnior do curso de Editoração ligada à faculdade, ela conta com textos autorais enviados por pessoas dos mais variados cursos e campus da universidade.

O conteúdo conta com mais de 120 autores que colaboram enviando suas aventuras literárias à página do Originais Reprovados, nome que leva o apanhado de textos que dão forma a revista anual da empresa júnior. Alguns critérios são levados em consideração para a seleção, que é oficializada depois da leitura e do debate a respeito de todos os pretendentes a serem publicados. O primeiro critério, o mais simples, é o número máximo de caracteres, calculados milimetricamente para que a revista possua  a melhor diagramação e uso do espaço em favor dos textos. O segundo, por sua vez, molda o estilo de leitura que encontramos em suas páginas. Os gêneros conto, poema e crônica são os eleitos para compor uma produção literária homogênea, apesar da grande diversidade de temáticas abordadas.

A partir daí, a confecção fica a cargo de veteranos e calouros que trabalham juntos na escolha, correção e diagramação dos textos. A ideia é dar oportunidade para qualquer pessoas tenha seus textos  publicadas numa revista literária sem qualquer compromisso com a profissão de escritor. A regra é a inspiração e a dedicação, como uma forma acessível e didática de espalhar a leitura pela USP. 

A colaboração entre alunos de diferentes anos do menor curso da USP é um dos impulsores do projeto. A convivência e a troca de experiências entre eles em todas as etapas de produção contemplam as aulas e proporcionam a experiência prática do mercado de editoração.

A edição de 2018 conta com 26 textos, ao todo. Iniciada com um impactante conto que reflete sobre liberdade e racismo, a revista vem carregada de produções críticas e subjetivas, simultaneamente. Amor, sexo, felicidade e abuso são personagens e temas destrinchados pelos autores. Os poemas são destaque no seu interior, que variam entre simples e mais densos. Com simplicidade e muito bom gosto, esse gênero pouco conhecido é levado pelos jovens aos quatro cantos da universidade.

Além do conteúdo escrito, as artes de capa e a diagramação são os protagonistas na impressão da Originais Reprovados. Sob o olhar artístico da diagramação e a sensibilidade estética dos alunos de editoração, o livro é repleto de diferentes fontes e páginas descentralizadas que dão um ar artístico e muito original. Apesar do uso exclusivo do preto e branco, a revista ganha vida na mão de editores que desafiam a composição de uma página da forma convencional, invertendo títulos, estrofes e combinando-os à formas geométricas que se encaixam perfeitamente às letras que preenchem a folha em branco. 

Título do texto “Dimensão” do aluno de Química, Tarcísio Dias [Imagem: Laura Toyama]

A revista também possui sua versão online, que contém mais textos que a impressa. Lá, existem textos escolhidas a dedo por cada um dos alunos que recebeu e revisou todos os trabalhos enviados para a equipe. No site, é possível acessar links para as edições anteriores e conferir produções mais antigas e artistas desconhecidos que tiveram seu momento de glória no passado. Desde sua primeira versão, a revista e seus idealizadores continuam comprometidos com a disseminação de cultura pela USP através da distribuição gratuita da revista em todas as faculdades. Além disso, divulgam o trabalho do pequeno curso que se mostra gigante frente à produção cultural e literária na universidade. 

Este é o site do Originais Reprovados, onde pode-se conferir edições anteriores e por onde são feitas a maioria das inscrições de textos: https://issuu.com/originaisreprovados

Sala 33
O Sala33 é o site de cultura da Jornalismo Júnior, que trata de diversos aspectos da percepção cultural e engloba música, séries, arte, mídia e tecnologia. Incentivamos abordagens plurais e diferentes maneiras de sentir e compartilhar cultura.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*