Jornalismo Júnior

logo da Jornalismo Júnior
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Culinária genuinamente imigrante

Por Caio Mattos A Culinária Imigrante é tentadora. Isso é inegável ao perceber seu apelo popular, materializado na afloração de diversos restaurantes, e até mesmo franquias, ditos “estrangeiros”. Tal fenômeno desvirtua a simbologia pura da gastronomia imigrante. Então, como é um prato e um restaurante genuinamente imigrantes? Os estereótipos condizem com a realidade? Desprendida de …

Culinária genuinamente imigrante Leia mais »

Por Caio Mattos


A Culinária Imigrante é tentadora. Isso é inegável ao perceber seu apelo popular, materializado na afloração de diversos restaurantes, e até mesmo franquias, ditos “estrangeiros”. Tal fenômeno desvirtua a simbologia pura da gastronomia imigrante. Então, como é um prato e um restaurante genuinamente imigrantes? Os estereótipos condizem com a realidade? Desprendida de Sí Señores e Outbacks, a Jornalismo Júnior encontrou quatro restaurantes cujo presente e cuja história são dignos da cultura a qual eles exprimem. Biyou’Z, Maria Escaleira, Portal da Coreia e Talal são exemplos da verdadeira culinária imigrante. Neles, as gastronomias africana, polonesa, coreana e síria (respectivamente) podem se sentir bem representadas na capital paulista.

[envira-gallery id=”1853″]

2 comentários em “Culinária genuinamente imigrante”

  1. Essas culinárias estão tentadores, cada uma mais deliciosa que a outra, irregistável, quero aprender a fazer todas e provar uma por uma. Quero aprender principalmente a da sala que esta com uma cara ótima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima