Home Controle Remoto 13 perdedores de reality shows musicais que deram a volta por cima
13 perdedores de reality shows musicais que deram a volta por cima
Controle Remoto
07 jul 2016 | Por Jornalismo Júnior

A televisão transmite dezenas de reality shows musicais, que prometem revelar novos talentos a cada edição. Contudo, sabemos que nem sempre os vencedores conseguem sair do anonimato e se manter nos holofotes como Kelly Clarkson, vencedora da primeira temporada do American Idol. Aliás parece haver uma tradição, entre quem foi “rejeitado” durante a competição, de superar quem o derrotou, fazendo até mais sucesso.

Carly Rae Jepsen, por exemplo,ficou mundialmente famosa por seu hit Call Me Maybe que emplacou em diversas rádios, mas a maioria das pessoas não sabe que tudo começou no Canadian Idol, onde ficou em terceiro lugar.

David Archuleta é um cantor e compositor norte-americano que conquistou o segundo lugar noAmerican Idol, durante a sétima temporada. Em uma disputa acirrada, recebeu 44% de mais de 97 milhões de votos na final contra David Cook.

Adam Lambert não venceu o mesmo reality um ano depois, ficando em segundo lugar na temporada de 2009. Porém, logo lançou seu primeiro álbum que em apenas uma semana atingiu a marca de quase 200 mil cópias vendidas. Suas músicas são conhecidas e reproduzidas mundialmente.

Olly Murs nesse mesmo anoficou entre os finalistas da sexta temporada do The X Factor UK, programa que rendeu alguns dos sucessos dessa lista de derrotas. Regressou ao programa dois anos depois como apresentador ao lado de Caroline Flack.

A boyband One Direction foi formada justamente no X Factor UK e contava com Harry, Louis, Niall, Zayn e Liam. Além de alcançar o terceiro lugar, figuram entre os fenômenos pop dos últimos tempos: venderam milhões de discos, atingiram o topo das paradas e nas redes sociais não ficaram para trás de nenhum vencedor. O até então, último single lançado foi “History”, cuja letra remete aos últimos conturbados tempos que os britânicos enfrentaram. O clipe da canção reuniu imagens diversas de clipes, bastidores, da vida deles, inclusive dos tempos no X Factor…

Cher Lloyd participou da mesma edição que os meninos da One Direction e também não venceu o programa (que edição arrasadora, não?). Contudo, seu talento e carisma garantiram que tivesse fãs na Inglaterra e, posteriormente, em todo o mundo.

Bea Miller é um dos êxitos da segunda edição do The X factor USA. Terminou em nono lugar, sendo um dos destaques mais novos da competição.

Emblem3 é o trio de Drew Chadwick, Keaton Stromberg e Wesley Stromberg, também formado no The X Factor americano, que chegou à quarta colocação. Após seguirem caminhos distintos entre 2014 e 2015, os rumores de sua reconciliação se provaram reais com o lançamento, em 1 de fevereiro de 2016, de seu single intitulado “Now” e, recentemente, de “End of the Summer”.

O terceiro lugar, aparentemente um indicativo de sucesso, ficou com a banda Fifth Harmony formada por Lauren Jauregui, Ally Brooke, Camila Cabello, Normani Hamilton e Dinah Jane Hansen, orientadas por Simon Cowell.

Miranda Lambert, é uma cantora de country que ganhou fama como finalista na temporada de 2003 de Nashville Star, onde terminou em terceiro lugar. Seu álbum de estréia Kerosene teve quatro singles no Top 40 em paradas da Hot Country Songs.

Lauren Alaina é outro destaque country. Obteve a segunda colocação na décima temporada do programa American Idol, sendo a primeira final em que os dois concorrentes eram do mesmo gênero musical.

O Brasil pode ter menor tradição em programas de talentos, mas alguns também despontaram perdendo-os. Em 2002, Thiaguinho, que integrou o Exaltasamba, não venceu o “Fama” em 2002. Dez anos depois, se lançou em carreira solo e atingiu o topo das paradas com a música “Sou o cara pra você”.

https://www.youtube.com/watch?v=-lsBA9Jj5ZI

O ator e cantor Chay Suede ganhou fama ao participar do “Ídolos”, da Record, em 2010. Apesar de ter alcançado apenas o quarto lugar, foi chamado pra protagonizar a versão brasileira da banda “Rebelde”. Seu sucesso com o público adolescente lhe rendeu a carreira de ator.

Por Aline Melo
alinemartimmelo@gmail.com

Sala 33
O Sala33 é o site de cultura da Jornalismo Júnior, que trata de diversos aspectos da percepção cultural e engloba música, séries, arte, mídia e tecnologia. Incentivamos abordagens plurais e diferentes maneiras de sentir e compartilhar cultura.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*