A história de três mulheres converge quando seus filhos pequenos vão para a mesma escola. É assim que a trama de Big Little Lies, a nova série de suspense da HBO, começa a se desenrolar. Enquanto o seriado apresenta o cotidiano comum dessas mães, moradoras de Monterey, também revela que houve um assassinato, no qual a comunidade escolar está envolvida.

Baseada no best-seller de Liane Moriarty, a série apresenta um elenco de peso. Reese Whiterspoon é Madeline, uma mulher de 40 e poucos anos, divorciada, mãe de uma adolescente e de uma menina de nove anos, muito bem interpretada por Darby Camp. Ela não trabalha e se dedica integralmente às filhas, ao colégio e a uma peça que está produzindo.

No primeiro dia de aula das crianças, Madeline fica impossibilitada de dirigir e é ajudada por Jane (Shailene Woodley), uma mãe solteira que acabou de se mudar para a cidade. A jovem possui um passado misterioso e uma relação muito forte com o filho, Ziggy (Iain Armitage).

No colégio, elas encontram todas as outras mães que integram a elite da cidade. Dentre elas há Celeste, interpretada delicadamente por Nicole Kidman, mãe de gêmeos e melhor amiga de Madeline. Ela aparenta viver uma vida perfeita em seu casamento com Perry (Alexander Skarsgard). O elenco ainda conta com nomes como Laura Dern, Adam Scott, James Tupper e Zoe Kravitz.

No episódio piloto dessa temporada de sete episódios, o programa busca apresentar o trio de protagonistas e estabelecer o suspense. Montado de uma maneira em que o público não sabe o crime que ocorreu, o seriado vai intercalando os interrogatórios da polícia com as cenas da vida das mulheres. Desse modo, os telespectadores vão formando suas impressões e julgamentos das personagens com base no que veem e escutam sobre elas.

A fotografia e trilha sonora são frias, e o design de produção deixa tudo envolto por tons esverdeados. A construção da narrativa é feita de maneira eficiente, e a cada aspecto revelado sobre a rotina daquelas mães, mais o público quer saber sobre elas. Há passagens em que fica claro que nem tudo é tão perfeito como aparenta, e isso instiga o espectador.

No entanto, todo o suspense em torno das personagens não seria possível se o elenco não estivesse tão sincronizado. A verdade, tristeza, mistério e confusão das protagonistas podem ser sentidas de maneira bastante real pelo espectador. E o trio principal constrói seus personagens de maneira que cada uma delas se torna importante para o público.

Assim, Little Big Lies reúne todas as características necessárias para se tornar o mais novo seriado de sucesso da HBO. A trama de suspense, as protagonistas fortes, o elenco alinhado e o bom texto garantem que pelo menos as expectativas estejam altas para essa primeira temporada da série.

Por Carolina Ingizza
carol.ingizza@gmail.com

Comentários