Home Controle Remoto ‘Friends’: aquele com a reunião
‘Friends’: aquele com a reunião

Episódio especial da HBO Max resgata emoção e intimidade que fazem de ‘Friends’ um fenômeno mundial

Controle Remoto
30 jun 2021 | Por Maria Vitoria Faria (mvitoriafaria@usp.br)

Por mais de 200 episódios, o elenco da série Friends (NBC) cantou em sua abertura “Eu estarei lá para você”. E eles realmente estão. O episódio especial Friends: The Reunion (2021), que chegou ao Brasil com a HBO Max em 29 de junho, trouxe aos fãs um parente íntimo que não víamos há 17 anos.

Não existe a possibilidade de você estar na internet e não ter ouvido falar ou visto alguma referência a Friends ao longo da vida. Estreada em 1994, a icônica sitcom transformou a televisão norte-americana e marca, até os dias atuais, a vida de milhares de espectadores ao redor do mundo.

O reencontro era aguardado desde o momento em que o último episódio foi ao ar em 2004, e para os fãs que viram as dez temporadas mais de uma vez (inclusive eu), Friends: The Reunion é, ao mesmo tempo, tudo e nada do que esperavam. 

Muitos especularam sobre uma possível continuação da história, mas os próprios atores e diretores, Kevin Bright, Marta Kauffman e David Crane, reforçaram no especial que a série terminou quando deveria, da melhor maneira possível. Sim, não teremos mais nada  novo de Friends, mas ao menos temos esse último encontro memorável, emocionante e hilário.

 

Os seis atores do elenco estão enfileirados, de mãos dadas, no cenário vazio do apartamento da personagem Mônica (Courtney Cox)

Matthew Perry, Lisa Kudrow, David Schwimmer, Courteney Cox, Jennifer Aniston e Matt LeBlanc na despedida da série em 2004. [Imagem: Reprodução/Instagram/Friends]


Produzido pela Warner Bros e distribuído pela
HBO Max, Friends: The Reunion reúne os atores em algo que se assemelha a um reencontro de formados, com um misto de ansiedade, medo e alegria em torno do acontecimento. O estúdio original das gravações, o 24, foi o primeiro lugar em que os seis atores se reencontraram e, juntos, reviveram os apartamentos e o Central Perk.

O público pôde notar e sentir com cada um deles a emoção não só por estarem juntos, mas por estarem especificamente naquele lugar, naquelas mesas e sofás. Foi, para ambos — público e elenco —, como entrar em uma máquina do tempo. São pessoas diferentes, com vidas distintas ali, mas, de algum modo, as diferenças se afastavam e tudo o que o público via eram os personagens, misturados tão profundamente com a personalidade dos atores que se tornavam quase um só, principalmente nos momentos em que o grupo estava sozinho conversando no estúdio. 

Aliás, Friends:The Reunion não contou apenas com conversas, mas também com algumas cenas relidas e refeitas, como o icônico quiz que fez Rachel (Jennifer Aniston) e Monica (Courtney Cox) perderem o apartamento para Chandler (Matthew Perry) e Joey (Matt LeBlanc). Inclusive, enquanto os atores reliam as falas de alguns episódios especiais, como o primeiro beijo de Rachel e Ross (David Schwimmer) e quando todos descobrem sobre o relacionamento de Monica e Chandler — Lisa Kudrow revivendo o “My eyes da Phoebe foi um dos melhores momentos do show—, a naturalidade com que todos retomavam seus papéis chegava a ser impressionante e até estranha, como se os personagens estivessem presos dentro deles sempre.

 

Friends: The Reunion - cena em que atores do elenco principal de Friends (exceto David Schwimmer) estão sentados no sofá do apartamento da personagem Mônica olhando para o quadro do quiz sobre os amigos

Matt LeBlanc, Matthew Perry, Jennifer Aniston, Courteney Cox e Lisa Kudrow na recriação do clássico quiz do episódio “Aquele com os embriões”. [Imagem: Reprodução/Youtube/ HBO Max]


David e Lisa foram os que mais encarnaram seus respectivos papéis e até se assustaram com a familiaridade. Essa sintonia entre cada um e seus personagens, e também entre todos os atores, é o que faz
Friends ser tão atemporal, pois há verdade na atuação. 

Em um momento muito mais formal, os atores foram levados a uma entrevista com James Corden, na frente da clássica fonte de água que aparece na abertura, com a presença dos diretores, produtores e fãs da série. A plateia presente, pequena em virtude da pandemia, pôde fazer perguntas a eles, o que rendeu algumas revelações inesperadas, como o crush entre Jennifer e David durante as filmagens das primeiras temporadas. Embora os atores tenham declarado que nada aconteceu por ambos estarem em outros relacionamentos na época — o que Matt LeBlanc disse ser bobagem — a comoção do público e do apresentador foi grande, o que deixa ainda mais intensa a história entre Ross e Rachel.

 

Friends: The Reunion - Na imagem todo o elenco está em pé em frente ao clássico sofá da série, em uma ambientação noturna.

Elenco de Friends reunido em frente à fonte de água em que gravaram a abertura do show. [Imagem: Reprodução/Youtube/HBO Max]


Alguns dos figurinos mais memoráveis, como o vestido de dama de honra de Rachel, o Tatu de Natal e
o visual “é possível vestir mais roupas” adorado por Joey foram revividos em uma passarela, com participação especial de Justin Bieber, Cara Delevingne e Cindy Crawford. Além deles, David Beckham, Malala Yousafzai, Reese Witherspoon, BTS, outros artistas e muitos fãs ao redor do mundo deram depoimentos sobre como Friends impactou a vida deles.

Em um dos momentos mais aguardados, quando Lisa cantava Smelly Cat no Central Perk — é incrível como a Phoebe faz parte da Lisa (e vice-versa) —, Lady Gaga apareceu inesperadamente e se juntou a ela. Ainda houve a participação especial de Maggie Wheeler, James Michael Tyler e Tom Selleck, que deram vida aos emblemáticos personagens Janice — e sua risada marcante  —, Gunther e Richard, respectivamente.

 

Lisa Kudrow e Lady Gaga estão sentadas no clássico sofá da série "Friends" e cada uma sorri para a câmera e segura um violão

Lisa Kudrow e Lady Gaga no sofá do Central Perk cantando “Smelly Cat”.[Imagem: Reprodução/HBO Max]


Algumas das maiores preocupações acerca do especial eram as polêmicas em relação à
gordofobia durante a série. O assunto, no entanto, sequer foi abordado durante o reencontro, embora os espectadores esperassem algum tipo de retratação. Outro ponto de tensa expectativa dizia respeito à postura dos atores, pois alguns deles, ao longo dos anos, haviam demonstrado desconforto ao falar sobre o show, em especial Matthew Perry, cuja saúde era uma apreensão. No início, Perry manteve-se mais distante e quieto e, aos poucos, principalmente nos momentos em que o elenco conversava sem convidados, ficou mais à vontade, fez piadas e se abriu. Ele chegou a comentar que, durante as gravações, tinha crises de ansiedade pela pressão para fazer a plateia rir das piadas. Lisa se assustou e comentou que ele nunca havia dito nada a respeito ao longo da série. Embora seja muito delicado, o assunto foi tratado com calma, abraços e apoio. 

Ao longo das quase duas horas do episódio, o público pôde rir e chorar com a nostalgia do encontro. Friends é sobre amigos que são família. Eles se transformaram também na família dos espectadores e, para o público, rever esse reencontro foi como reencontrar um parente muito íntimo. Não foi uma reunião para continuar a produção de Friends. Foi uma reunião para comemorar, lembrar e agradecer a Friends.

Afinal, eles sempre estarão aqui para você.

 

*Imagem de capa: Divulgação HBO Max

Sala 33
O Sala33 é o site de cultura da Jornalismo Júnior, que trata de diversos aspectos da percepção cultural e engloba música, séries, arte, mídia e tecnologia. Incentivamos abordagens plurais e diferentes maneiras de sentir e compartilhar cultura.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*