Home Eu Fui Serra Pelada: a mina de ouro sob a ótica brilhante de Sebastião Salgado
Serra Pelada: a mina de ouro sob a ótica brilhante de Sebastião Salgado
Eu Fui
25 ago 2019 | Por Gabriel Guerra (gabriel_guerra@usp.br)

A exposição Gold – Mina de Ouro Serra Pelada estreou no Sesc Avenida Paulista no dia 17 de Julho. A apresentação possui imagens do trabalho fotográfico realizado por Sebastião Salgado em Serra Pelada. Organizada pela mulher do fotógrafo, Lélia Wanick Salgado, a exposição conta com 56 imagens inéditas, em preto e branco, acerca do garimpo na região. A exibição das fotografias toma conta inteiramente do quinto andar do Sesc Paulista.

O ineditismo das obras é um atrativo para o público, já que parte do trabalho de Sebastião em Serra Pelada é amplamente reconhecido no âmbito fotográfico. A possibilidade de ver de perto 56 novos cliques sobre o garimpo é convidativa. Cada imagem expõe um ângulo diferente da mina de ouro. Há, em certos momentos, o enfoque do fotógrafo para expor a imensidade do ambiente e a quantidade de pessoas que enxergavam na mina, a possibilidade de tornarem-se ricas. A dinamicidade é explorada a cada foto. O público entra em contato direto com a dificuldade que os garimpeiros, aqueles que viam ali o sonho da riqueza, tinham para transportar terras, pedras ou até mesmo o sonho do ouro pelo garimpo.

Fotografia de Sebastião Salgado exibida em ‘Gold – Mina de Ouro Serra Pelada’, no Sesc Avenida Paulista
[Imagem: Sebastião Salgado]

Outro aspecto que atrai a atenção do público à exposição é a sensibilidade de Salgado nas imagens. Há fotografias em que indivíduos olham diretamente para a câmera, criando um elo entre obra e público. A cada olhar centralizado em direção ao público, as fotografias impactam de alguma forma o espectador. Dizem que os olhos falam, e, os olhos dos protagonistas das imagens de Sebastião têm muito a dizer.

A exposição ficará aberta no Sesc Avenida Paulista até Novembro. “Gold – Mina de Ouro Serra Pelada” é uma ótima escolha para quem está disposto em apreciar a arte, se sensibilizar e, principalmente, refletir. As mais de 50 imagens inéditas consolidam-se como uma boa opção para a imersão nas obras de Sebastião Salgado. O único requisito é estar preparado para estabelecer um diálogo com as fotografias, pois, certamente, elas se comunicam com o público. 

Gold – Mina de Ouro Serra Pelada

Local: Sesc Avenida Paulista – São Paulo

Horários: Terça a sábado, das 10h30 às 21h30; Domingo e feriados, das 10h às 16h30

Temporada: De 17 de Julho a 3 de Novembro de 2019

Ingresso: Gratuito

 

Sala 33
O Sala33 é o site de cultura da Jornalismo Júnior, que trata de diversos aspectos da percepção cultural e engloba música, séries, arte, mídia e tecnologia. Incentivamos abordagens plurais e diferentes maneiras de sentir e compartilhar cultura.
VOLTAR PARA HOME
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome*
E-mail*
Facebook
Comentário*