Jornalismo Júnior

logo da Jornalismo Júnior
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Terminais

Por Pedro Graminha Nos terminais a cidade nasce e morre. É o lugar para onde as linhas imaginárias (ou nem tanto) que cortam a metrópole, convergem. Os terminais são o destino da rotina; é a instância física que a sustenta. Espalham-se pela cidade, na superfície ou no subterrâneo, nas pequenas ruas ou nas grandes avenidas, …

Terminais Leia mais »

Por Pedro Graminha


Nos terminais a cidade nasce e morre. É o lugar para onde as linhas imaginárias (ou nem tanto) que cortam a metrópole, convergem. Os terminais são o destino da rotina; é a instância física que a sustenta. Espalham-se pela cidade, na superfície ou no subterrâneo, nas pequenas ruas ou nas grandes avenidas, nos centros populosos ou nos bairros distantes. São os nós que sustentam a grande trama urbana, os nós que ligam um ponto a outro. Nessa galeria, a jornalismo júnior lança um olhar em direção a esses lugares de encontros e esperas; onde meio, fim e início convergem.

[envira-gallery id=”1779″]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima